Rui Rio rejeita governo de bloco central com PS

Depois de António Costa dizer que o bloco central é um “mito urbano”, o líder do PSD rejeita a possibilidade de um executivo formado pelos dois maiores partidos nacionais.

JOSE COELHO/LUSA

O líder do PSD rejeitou hoje a possibilidade de vir a formar no futuro um governo de bloco central com o PS.

“Se o conceito de bloco central for um Governo integrado por elementos do PSD e do PS, com um primeiro-ministro de um ou do outro, se considerarem que isso é o bloco central, aí não vejo qualquer necessidade em estar a fazer uma coisa destas”, disse Rui Rio esta quinta-feira durante uma visita ao Algarve em declarações transmitidas pela SIC Notícias.

“Ate porque não era preciso. O primeiro-ministro já disse que o Orçamento do Estado de 2021 vai ser preparado com o  PCP e o Bloco de Esquerda”, destacou o social-democrata, referindo-se às declarações no último debate quinzenal realizado na semana passada.

Em entrevista à Visão, hoje publicada, o primeiro-ministro disse que “procurar o Bloco Central é como caçar gambozinos”: um “mito urbano”.

O líder do PSD apontou que a sintonia com o PS no Parlamento em alguns temas é apenas esporádico, como quando o PSD se absteve na votação do Orçamento suplementar, ou quando o PS se absteve na proposta social-democrata para os sócios-gerentes.

Relacionadas

Rui Rio exige medidas para apoiar o setor do turismo no Algarve

O presidente do PSD aproveitou a ocasião para anunciar que o partido vai apresentar um projeto de retoma da economia, contemplando já os fundos europeus

OE2021: Rui Rio admite negociar com um Chega “mais moderado”

O social-democrata admite ponderar negociar com o partido de extrema-direita mas apenas se este mudar o seu rumo político. “Se continuar como tem ido, então aqui temos um problema porque não é possível um entendimento com o PSD”, sublinhou.

Deixar falir a TAP? “Poderia deixar”, admite Rui Rio

O presidente do PSD defende que a TAP está “tecnicamente falida” e que por isso é de extrema importância pedir ao Governo um plano de negócios “que ainda não apareceu”.
rui_rio_psd

Rui Rio defende que venda de imóveis feita pelo Novo Banco “teve contornos criminosos”

Líder social-democrata entende as operações de venda de ativos do Novo Banco podem constituir matéria criminal e voltou a pedir ao Ministério Público que investigue o caso até às últimas consequências.
Recomendadas

Parlamento discute hoje e vota referendo sobre a eutanásia na sexta-feira

O parlamento discute hoje e vota na sexta-feira uma proposta de referendo sobre a eutanásia, que divide direita e esquerda, mas em que há um bloco maioritário para a “chumbar”, do PS, BE, PCP, PAN e PEV.

OE2021: Federação sindical pediu alterações ao BE e ao PS

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (FESAP) pediu hoje aos deputados do Bloco de Esquerda e do Partido Socialista que proponham alterações ao Orçamento do Estado (OE) para 2021 que respondam às reivindicações dos funcionários públicos.

Marcelo promulga diploma que reduz debates europeus na AR para dois por semestre

O Presidente da República promulgou hoje o diploma aprovado por PS e PSD que reduz os debates europeus no parlamento para dois por semestre, depois de ter vetado uma primeira versão que previa apenas um por semestre.
Comentários