PremiumRuth Bader Ginsburg: A resistente e combativa liberal do Supremo

Aos 87 anos, a juíza do Supremo Tribunal dos EUA foi hospitalizada pela segunda vez este ano, primeiro para tratar um teimoso (terceiro) cancro e agora para uma pequena cirurgia. Com os liberais em minoria no tribunal (4-5), e em ano de eleições, Ginsburg recusa-se a deixar o cargo enquanto estiver apta. E, por ora, ainda está, garante.

“The Notorious R.B.G”. O título de um livro sobre Ruth Bader Ginsburg é um jogo de palavras com “The Notorious B.I.G”, o nome artístico de um influente e irrequieto rapper americano que morreu assassinado em 1997. O livro é um dos muitos que descreve a juíza do Supremo Tribunal dos Estados Unidos como uma liberal que defende os seus pontos de vista sem rodeios e que está de pedra e cal no cargo, resistindo a manobras políticas para a tentar convencer a renunciar e também a problemas de saúde, graves e menos sérios.

Aos 87 anos, Bader Ginsburg está internada num hospital de Nova Iorque, tendo sido submetida a uma operação não-cirúrgica e não-invasiva ao ducto biliar. A juíza está, segundo os médicos, “a repousar de forma confortável” e deverá ter alta ainda esta semana. É a segunda hospitalização este ano, depois de em maio ter recebido tratamento contra um cancro do pâncreas, ao qual já tinha sido operada em 2009. Antes disso, Bader Ginsburg já tinha superado, também através de cirurgia, um cancro no cólon, em 1999, e num pulmão, em 2018.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumJuan Carlos I: O rei sai nu

O exílio do rei emérito é a última oportunidade de preservação da monarquia espanhola – apesar de a possibilidade de secessão ser o verdadeiro problema do país. Juan Carlos ficará conhecido na história como o rei que atirou para o lixo a página dourada que sobre ele já tinha sido escrita e a substituiu por uma garatuja onde se acotovelam animais mortos, amantes e corrupção.

PremiumRicardo Costa: Identidade apurada ao sabor do tempo

40 anos de idade, 20 anos de carreira e 10 anos à frente do restaurante The Yeatman, com uma vista imperdível sobre o rio Douro. O chef Ricardo Costa soma números redondos de idade e experiência, além das duas estrelas Michelin que já tinha no cardápio, num ano que não está a ser fácil para o mundo. Fomos conhecer o homem por detrás da jaqueta de chef.

PremiumNasdaq: O imparável índice que avança à alta velocidade tecnológica

A aceleração da transição digital em tempos de pandemia, aliada ao apetite dos investidores pelo risco, tem levado o Nasdaq Composite a quebrar recordes sucessivos. Gigantes tecnológicas como a Apple, a Amazon, a Google e a Microsoft dominam um ‘rally’ que os analistas dizem que não deverá travar nos próximos tempos.
Comentários