Saiba quais são as empresas finalistas do Starter Business Acceleration 2021

A edição deste ano do Starter Business Acceleration vai decorrer totalmente num formato virtual e procura projetos que se debrucem sobre a inovação digital, acesso à energia.

Foram escolhidas as 10 startups que vão integrar o módulo global do Starter Business Acceleration 2021, segundo consta na página da EDP.

Agora, as startups participantes terão a oportunidade de apresentar as suas soluções para o setor da energia. Entre as finalistas está a empresa alemã Annea.ai, as empresas espanholas Full&Fast, Hovering Solutions e lomob, as empresas brasileiras Litro de Luz Brasil, NeuralMind, SolarZ Technology, a empresa americana Terra Pave International, a eslovena TROIA d.o.o. e a empresa polonesa LESS Industries.

Segundo a EDP “a edição deste ano do Starter Business Acceleration decorre totalmente num formato virtual e terminará com a grande final, onde será anunciado o vencedor que recebe um prémio de 50 mil euros”.  O Starter Business Acceleration procura projetos em sete categorias: soluções para clientes, inovação digital, armazenamento de energia, energias limpas, redes inteligentes, acesso à energia e processos internos inovadores.

O Starter Business Acceleration é um projeto de open Innovation da EDP gerido pela Beta-i, uma consultora de inovação colaborativa com base em Lisboa. No ano passado venceu a norte-americana Yotta Energy, que desenvolveu uma solução escalável e descentralizada de armazenamento de energia solar.

Recomendadas

Comissão de inquérito responsabiliza Governo na venda à Lone Star

Os deputados da comissão de inquérito ao Novo Banco aprovaram hoje várias alterações ao relatório que passam a responsabilizar também o Governo socialista na decisão de venda à Lone Star, apesar dos votos contra do PS.

MDS é o único grupo ibérico no top 250 mundial das empresas de corretagem de seguros

A multinacional liderada por José Manuel Dias da Fonseca ocupa a 141ª posição no ranking mundial referente a 2020, com uma receita estimada em 79,4 milhões de dólares, refletindo o desempenho nos vários mercados onde está presente a nível global.

Aprovada pelo PS, PCP e BE conclusão no relatório da CPI que diz que Resolução do BES foi “Fraude Política”

Porém, foi aprovada uma proposta do PSD que recorre a uma citação do antigo vice-governador do Banco de Portugal (BdP) Pedro Duarte Neves na comissão de inquérito dizendo que havia regras de “usar o mínimo dos fundos públicos que sejam precisos”.
Comentários