Salvador Ribeiro substitui Luís Cabral na liderança da Media Capital Rádios

Salvador Ribeiro sucede a Luís Cabral, que passou a ser o novo CEO da Media Capital. Enquanto administrador executivo da Media Capital Rádios, Salvador Ribeiro acumulará as funções de diretor comercial que tinha até agora, na MCR, até ser anunciado o seu substituto.

Administrador executivo da Media Capital Rádios, Salvador Ribeiro

O grupo Media Capital continua a promover alterações nas suas lideranças. Após a passagem de Luís Cabral da Media Capital Rádios (MCR) para a direção executiva da Media Capital, substituindo Rosa Cullell, foi esta terça-feira, 16 de julho, anunciado que Salvador Bourbon Ribeiro é o novo administrador executivo da MCR, ocupando o lugar que era de Luís Cabral.

Salvador Ribeiro entrou na Media Capital em 1997, tendo sido agora nomeado pelo conselho de administração da Media Capital para assumir a liderança do segmento de rádios do grupo de media. Enquanto administrador executivo da MCR, Salvador Ribeiro acumulará as funções de diretor comercial que tinha até agora, na MCR, até ser anunciado o seu substituto.

A chegada de Salvador Ribeiro à liderança da MCR é fruto das recentes alterações na direção executiva do grupo detido em 96,6% dos seus capital social pelo conglomerado espanhol Prisa. Após oito anos enquanto diretora executiva da Media Capital, dona da TVI, Rosa Cullell foi afastada da liderança e para o seu lugar foi escolhido Luís Cabral.

Cerca de um ano depois de ter falhado a operação de venda da Media Capital à Altice Portugal, e numa altura em que a TVI, o principal ativo da Media Capital foi relegada para segundo plano em matéria de audiências televisivas, a Prisa está a mudar a sua estratégia para a Media Capital.

Não foi confirmado se esta nova estratégia significa que a Media Capital já não estará à venda, depois de falhado o negócio com a Altice. Contudo, em fevereiro deste ano, o semanário “Expresso” noticiou que a Prisa teria contactado potenciais compradores para a Media Capital, como a Cofina (dona do Negócios e da CMTV) e a Record TV (detida pela IURD).

Relacionadas

Rosa Cullell: “As audiências estão piores, mas o grupo é sólido e saudável”

Rosa Cullel era diretora executiva da Media Capital, dona da TVI, desde 2011. Oito anos depois, foi anunciada a sua saída da direção do grupo de media, sendo substituída por Luís Cabral. Na hora da saída contou que deixa o grupo após “o ano com melhor resultado líquido”.

Luís Cabral é o novo CEO da TVI

Esta será uma opção interna por parte da Prisa, dado que Luís Cabral exerce atualmente o cargo de administrador da Media Capital, passando assim a ser CEO da empresa.
Recomendadas

BNI Europa agravou prejuízos para 6,6 milhões de euros até junho

O ativo líquido total era em junho passado de 351,5 milhões de euros, neste caso menos 66,5 milhões de euros face a junho de 2019.

Banco de Portugal obriga financeiras em regime de livre prestação de serviços a reporte

Centenas as instituições estão registadas em Portugal como instituições de crédito da União Europeia em regime de livre prestação de serviços e entidades de moeda eletrónica com sede na Europa em regime de livre prestação de serviços, caso dos bancos digitais N26, Openbank ou Revolut.

Transportes Metropolitanos de Lisboa aprovado pelo Conselho Metropolitano

A Área Metropolitana de Lisboa detém a totalidade da empresa, que vai o património da empresa OTLIS – Operadores de Transportes da Região de Lisboa.
Comentários