Santander Totta duplica quota de mercado do crédito a empresas em 5 anos

O Santander Totta já cresceu a sua quota de mercado no crédito a empresas de 8% para 19,7%. Isto num prazo de cinco anos.

Tiago Petinga/Lusa

O Banco Santander Totta tem vindo a aumentar o crédito a empresas e nos últimos cinco anos, o volume de crédito concedido a empresas (nos vários setores) duplicou. Passou de 9,4 mil milhões em dezembro de 2012 para 18,8 mil milhões em dezembro de 2017. A quota de mercado no mesmo período passou de 8% para 19,7% (em maio deste ano).

A quota de mercado do crédito a empresas em maio deste ano estava em 19,7%, subindo 2,5 pontos percentuais face a maio de 2017.

O banco liderado por António Vieira Monteiro referiu ao Jornal Económico que este crescimento ocorre, apesar da integração dos ativos do Banif e do Banco Popular Portugal. Isto é, através de crescimento orgânico.

O Santander Totta era tradicionalmente um banco essencialmente de particulares. Mas tem sido o desígnio da equipa de gestão de Vieira Monteiro fazer da instituição o banco do crédito a empresas. Aproveitando a queda do BES, o Santander Totta empenhou-se em tentar ocupar o lugar (banco das PME) que em tempos pertenceu ao banco que sofreu uma resolução em 2014.

O Novo Banco mantém esse estatuto, mas entretanto o Santander Totta já cresceu a sua quota de mercado no crédito a empresas de 8% para 19,7%. Isto num prazo de cinco anos.

No semestre o crédito às empresas aumentou 44,5% para 19 mil milhões de euros (em junho do ano passado tinha sido de 13,2 milhões).

O crédito aos particulares subiu 13,3% (um crescimento de 13% na habitação e 7,7% no consumo).

O banco destaca o maior equilíbrio na carteira entre particulares e empresas.

O crédito total ascendeu a 41,4 mil milhões, crescendo 25,3% face a junho do ano passado. As quotas de mercado de produção de crédito a empresas e habitação cresceram para 19,7% e 22,3%, respetivamente até final de maio. “O banco é hoje responsável por cerca de um quinto do novo crédito concedido a empresas e para habitação”, diz o banco.

O aumento da quota do crédito às PME (até um milhão de euros) está ainda patente na subida anual de 6,5 pontos percentuais quota de mercado do stock de crédito para 19,4% em maio deste ano.

Nas linhas de financiamento a PME (PME Investe, Crescimento, Capitalizar e Capitalizar Mais) o Santander Totta tem uma quota de mercado de 23% e é líder de mercado.

 

Ler mais
Recomendadas

Banco de Portugal adopta ‘energia verde’ nos seus edifícios

“A transição para a nova forma de consumo de energia deverá estar concluída ainda durante o primeiro trimestre deste ano. Com esta medida, o Banco tem como objetivo reduzir a sua pegada de carbono”, explica a instituição

BCE pede aos bancos que evitem “distorcer” resultados de testes de stress

A cada dois anos, a Autoridade Bancária Europeia e o BCE realizam os chamados testes de stress a 50 bancos da União Europeia para medir a força das entidades bancárias em diferentes cenários de stress, como uma crise, por exemplo.

Haitong encaixou ganho de 1,97 milhões com venda de subsidiária na Irlanda

Com esta transação, o Haitong Bank reforçou significativamente a qualidade dos seus ativos e o rácio de NPL (“Non-Performing Loans”) passou a situar-se abaixo dos 5%, adianta o banco.
Comentários