Santander Totta duplica quota de mercado do crédito a empresas em 5 anos

O Santander Totta já cresceu a sua quota de mercado no crédito a empresas de 8% para 19,7%. Isto num prazo de cinco anos.

Tiago Petinga/Lusa

O Banco Santander Totta tem vindo a aumentar o crédito a empresas e nos últimos cinco anos, o volume de crédito concedido a empresas (nos vários setores) duplicou. Passou de 9,4 mil milhões em dezembro de 2012 para 18,8 mil milhões em dezembro de 2017. A quota de mercado no mesmo período passou de 8% para 19,7% (em maio deste ano).

A quota de mercado do crédito a empresas em maio deste ano estava em 19,7%, subindo 2,5 pontos percentuais face a maio de 2017.

O banco liderado por António Vieira Monteiro referiu ao Jornal Económico que este crescimento ocorre, apesar da integração dos ativos do Banif e do Banco Popular Portugal. Isto é, através de crescimento orgânico.

O Santander Totta era tradicionalmente um banco essencialmente de particulares. Mas tem sido o desígnio da equipa de gestão de Vieira Monteiro fazer da instituição o banco do crédito a empresas. Aproveitando a queda do BES, o Santander Totta empenhou-se em tentar ocupar o lugar (banco das PME) que em tempos pertenceu ao banco que sofreu uma resolução em 2014.

O Novo Banco mantém esse estatuto, mas entretanto o Santander Totta já cresceu a sua quota de mercado no crédito a empresas de 8% para 19,7%. Isto num prazo de cinco anos.

No semestre o crédito às empresas aumentou 44,5% para 19 mil milhões de euros (em junho do ano passado tinha sido de 13,2 milhões).

O crédito aos particulares subiu 13,3% (um crescimento de 13% na habitação e 7,7% no consumo).

O banco destaca o maior equilíbrio na carteira entre particulares e empresas.

O crédito total ascendeu a 41,4 mil milhões, crescendo 25,3% face a junho do ano passado. As quotas de mercado de produção de crédito a empresas e habitação cresceram para 19,7% e 22,3%, respetivamente até final de maio. “O banco é hoje responsável por cerca de um quinto do novo crédito concedido a empresas e para habitação”, diz o banco.

O aumento da quota do crédito às PME (até um milhão de euros) está ainda patente na subida anual de 6,5 pontos percentuais quota de mercado do stock de crédito para 19,4% em maio deste ano.

Nas linhas de financiamento a PME (PME Investe, Crescimento, Capitalizar e Capitalizar Mais) o Santander Totta tem uma quota de mercado de 23% e é líder de mercado.

 

Ler mais
Recomendadas

Bancos tinham 31,3 mil milhões em dívida portuguesa no primeiro trimestre

Os bancos em Portugal viram a rentabilidade cair para mais de metade num ano, segundo os dados de março do Banco de Portugal, refletindo o impacto da pandemia de Covid-19 no que respeita ao aumento do fluxo líquido de provisões e de imparidades.

CGD nomeia novo administrador não executivo

Com um currículo com predominância na Engenharia de Sistemas e Computadores, e especialista na área digital, Arlindo Oliveira é o novo administrador da Caixa Geral de Depósitos.

Banco de Inglaterra prevê recuperação mais lenta da economia e não muda taxas de juro

A entidade anunciou também que não fará com qualquer alteração na taxa de juro que permanecerá nos 0,1%, mantendo também inalterado o seu programa de compra de títulos no valor de 822 mil milhões de euros.
Comentários