PremiumSara Blanco de Morais: “Em 20 anos nunca vi um ato de corrupção no urbanismo”

A advogada Sara Blanco de Morais, sócia responsável pelo Urbanismo na CMS Rui Pena & Arnaut, defende que tem de haver prazos vinculativos para os projetos e reciprocidade na responsabilização, quer para o sector público quer para o privado.

Sara Blanco de Morais é uma das mais recentes contratações da CMS Rui Pena & Arnaut, tendo transitado da PLMJ para se juntar aos outros 22 sócios do escritório. A advogada mantém-se nas funções de responsável pela equipa de Urbanismo da sociedade – mas agora na Rua Castilho. Em entrevista ao Jornal Económico, defende que ainda há “arestas a limar” no planeamento urbanístico para que esta área consiga contribuir verdadeiramente para a recuperação económica do país, através da atração de investimento. “É fundamental a compatibilização das várias vertentes legais que um projeto implica. Quando olho para um sítio tenho de conseguir saber, com o instrumento de gestão territorial, o que é que posso efetivamente ali fazer, de forma rápida e eficaz. E em todas as perspetivas: reserva agrícola e ecológica, corredor vital, rede natura…”, explica.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas
luís_menezes_leitão_bastonário_ordem_advogados

Bastonário dos advogados defende alteração rápida de lei sobre manifestações

“É muito importante que, rapidamente, o parlamento aproveite esta situação para rever este diploma e fazer uma efetiva lei para o exercício do direito de manifestação que estabeleça com muita clareza quem é que tem que ser notificado, qual é o tratamento que é preciso estabelecer relativamente aos dados dos organizadores e alterar toda esta situação, é fundamental que isso ocorra”, diz Luís Menezes Leitão.

RTP contrata Morais Leitão para assessoria jurídica em questões laborais

Morais Leitão foi contratada por ajuste direto com uma avença global de 20.250 euros. A aquisição de serviços jurídicos da MLGTS foi decidida pelo conselho de administração da RTP, a 24 de fevereiro, ainda liderado por Gonçalo Reis, dada a “ausência de recursos próprios” na estação pública.

Advocacia. Formação e personalidade determinantes na hora de contratar

Maturidade, empatia e até mesmo um bom domínio de outros idiomas são características importantes no mercado de trabalho em advocacia.
Comentários