Segurança Social é a entidade pública com mais queixas

O Portal da Queixa regista 3953 reclamações em relação a esta instituição do Estado.

A Segurança Social está no topo das entidades públicas com mais reclamações por parte dos consumidores, de acordo com o Portal da Queixa. A plataforma de denúncias coloca ainda a instituição no ranking geral de reclamações, com um total de 3953 queixas. Conforme se nota no gráfico do Portal da Queixa, o número de denúncias que aguardam respostas e obteve resposta tem subido, enquanto as concluídas e resolvidas tendem a estagnar.

Marcas com mais reclamações recebidas nos últimos 30 dias

  • 1º CTT – 491
  • 2º MEO – 375
  • 3º Worten -231
  • 4º NOS – 203
  • 5º GLS – 188
  • 6º Seur – 167
  • 7º Chronopost – 164
  • 8º Segurança Social – 139
  • 9º MRW – 131
  • 10º Niwite

Só nos primeiros três meses do ano foram registadas 16.702 reclamações pelo Portal da Queixa, um aumento de 167% relativamente a igual período de 2016. Entre janeiro e março, o Portal da Queixa recebeu em média 187 reclamações por dia, a maioria das quais visa as operadoras de telecomunicações, empresas de transporte e logística e entidades públicas.

Desde o início de outubro até ao dia 14 de dezembro – exatamente uma semana antes da paralisação organizada pelos trabalhadores dos CTT -, a plataforma assinalou um aumento de 212% no número de reclamações dirigidas às empresas de transporte das encomendas, do vendedor até ao comprador, face ao período homólogo de 2016.

No total registaram-se 2.165 reclamações em dois meses e meio, que se deveram sobretudo ao atraso na entrega das encomendas, à falta de apoio ao cliente, a entregas falhadas, a dificuldades de contacto e a entregas danificadas, de acordo com o comunicado desta ‘rede social’ de consumidores.

Ler mais
Relacionadas

CP, Metro e Rede Nacional de Expressos são as empresas de transportes com mais reclamações

A Autoridade da Mobilidade e dos Transportesrecebeu no primeiro semestre deste ano, diretamente ou por via de livros de reclamações, 8.158 queixas, a maioria das quais nos setores rodoviário e ferroviário, que totalizaram 88,5%.
Recomendadas

INEM confirma quatro vítimas mortais em queda de helicóptero, causas desconhecidas

A aeronave, que fazia a viagem entre o Porto e Macedo de Cavaleiros, Bragança, estava desaparecida desde as 18:30 de sábado e, segundo o organismo, “o incidente ocorreu numa altura em que se verificavam condições meteorológicas bastante adversas”.

Helicóptero do INEM com quatro pessoas a bordo desapareceu na zona de Valongo

A aeronave transportava um médico, um enfermeiro e dois pilotos e regressava à base em Macedo de Cavaleiros.

FENPROF admite avançar uma ação contra o Estado. Todos os detalhes aqui

O maior sindicato de professores do país aprovou este sábado, em reunião de conselho nacional, em Lisboa, um caderno de reivindicações prioritárias acompanhado de um conjunto de ações de luta que prevê greves, manifestações e recurso à justiça.
Comentários