Sem turistas, canais de Veneza estão mais limpos que nunca

Golfinhos, peixes e cisnes fazem agora parte dos canais de Veneza, que há várias décadas não viam a água tão transparente.

Com a declaração da pandemia e sem circulação de cidadãos nas ruas, a quarentena declarada em Itália está a verificar efeitos ambientais positivos. Os canais da cidade de Veneza estão, pela primeira vez em vários anos, límpidos e a receber visitas de cardumes de peixes, de cisnes e de golfinhos.

O facto dos canais estarem limpos gerou o movimento ‘Venezia Pulita’ (Veneza limpa) nas redes sociais, e vários internautas estão a partilhar imagens deste acontecimento que não acontecia há várias décadas. “Maravilhoso. Há peixes e temos a oportunidade de os ver”, escreveu um utilizador, enquanto outro desejou que os canais tivessem sempre a água limpa.

No entanto, o gabinete do presidente da Câmara de Veneza assumiu que o regresso dos peixes não se deve, necessariamente, à melhoria da qualidade da água, sendo que esta “parece mais limpa por causa do tráfego reduzido nos canais, permitindo que os sedimentos assentem no fundo”. Ainda assim, embora o gabinete assuma que a poluição na água pode não ter diminuído, a qualidade do ar melhorou consideravelmente.

Ler mais
Recomendadas

Seca meteorológica terminou em dezembro em Portugal continental

Segundo o relatório anterior, no final de novembro, 62,3% do território estava em situação de chuva fraca, 33,6% em normal e 4,1% em seca fraca.

Matos Fernandes vai inaugurar mais uma ETAR, em Soure

O ministro João Pedro Matos Fernandes vai também inaugurar o Centro Ecológico do município de Soure.

Arábia Saudita anuncia criação de cidade ecológica sem carros

Uma região futurista e turística, NEOM, está na lista dos muitos megaprojetos em curso para diversificar a economia da Arábia Saudita, que depende fortemente da exportação do petróleo.
Comentários