Serralves inaugura na sexta-feira percurso elevado com 250 metros de comprimento

A Fundação de Serralves vai inaugurar na sexta-feira um percurso elevado ao nível da copa das árvores com 250 metros de comprimento, cujo objetivo é “valorizar e preservar o património natural”, afirmou hoje um responsável da fundação.

Em entrevista à Lusa, Rui Costa, o diretor de recursos e projetos especiais da Fundação de Serralves, explicou hoje que o objetivo deste passadiço é “valorizar” o espaço natural do parque e, permitir que os visitantes tenham acesso a uma “parte de Serralves que não estão habituadas a ter”.

“Há aqui um confluir de matérias que tornam oportuno um equipamento como esta estrutura, que é inovadora no panorama nacional pelo facto de se tratar de um percurso elevado e que permite a elevação de uma parte do parque de Serralves”, disse.

O percurso, intitulado ‘Treetop Walk’, é totalmente nivelado ao longo dos 250 metros de comprimento, sendo que a sua altura vai variando ao longo do trajeto entre os 1,50 e 25 metros.

Através deste percurso que, com vista para o parque de Serralves permite também, em certos locais, avistar o mar e tocar nas copas das árvores, a Fundação de Serralves pretende “ampliar os seus projetos educativos” e contribuir para o estudo e observação do património natural.

“É importante referir que Serralves tem programas educativos muito amplos e esta será uma oportunidade também, desse ponto de vista, poder aproveitar para os seus programas educativos e ainda da investigação científica, que nos parece relevante, pois permitirá uma observação da vegetação e um estudo da vegetação desse ponto de vista”, frisou Rui Costa.

Também presente na visita esteve o arquiteto Carlos Castanheira, que em colaboração com o arquiteto Álvaro Siza Vieira, projetou este percurso “tão diferente” e perto “das copas das árvores”.

À Lusa, o arquiteto admitiu que uma das grandes preocupações com este projeto foi o “não danificar o ecossistema” e contribuir para que pudesse ser “sustentável”.

“Havia duas premissas importantes, a primeira era não interferir no ecossistema e a outra, era usar materiais recicláveis e até em alguns, grande parte deste projeto usamos madeira reciclável para que aqui pudesse ser sustentável e um exemplo de como se devem fazer certas obras”, concluiu.

Esta sexta-feira, às 18:30, a Fundação de Serralves, juntamente com o Fundo Ambiental do Estado e com o apoio da Ascendi vai inaugurar “oficialmente” o Treetop Walk Serralves.

À Lusa, Rui Costa avançou que no sábado, as pessoas podem visitar “gratuitamente” este percurso.

Ler mais
Relacionadas

Governo e Serralves assinam protocolo para promover projetos de inovação social

“Este [protocolo] não só simboliza o reconhecimento pelo trabalho que a fundação tem vindo a fazer ao longo destes 30 anos, como estabelece novos desafios com vista ao fortalecimento e dinamização das iniciativas de inovação e empreendedorismo social em Portugal”, afirmou Ana Pinho, presidente do Conselho de Administração da Fundação de Serralves, durante a sessão de assinatura do protocolo, que se realizou esta tarde, na Fundação de Serralves, no Porto.

Philippe Vergne é o novo Diretor do Museu de Arte Contemporânea de Serralves

O Museu de Serralves vai ter como diretor o ex-responsável pelo Museu de Arte Contemporânea de Los Angeles (MOCA). Philippe Vergne chega a Serralves com uma experiência de 25 anos de liderança em várias instituições internacionais.

Fundação de Serralves e a CP estabelecem parceria que dá descontos a quem viajar para visitar o museu

Os interessados usufruem de descontos até 25% em Alfa Pendular e Intercidades, ao apresentar um bilhete de entrada em Serralves, bem como de um desconto de 25% nos ingressos da Fundação Serralves, mediante a apresentação do título de transporte CP da CP.

Ninguém pára a “Mui Nobre, Sempre Leal e Invicta Cidade do Porto”

O Porto sofreu duas tentativas de “ataques” pela imprensa, na análise de dois momentos festivos ímpares. Vem esta crónica no sentido de fazer justiça, de defender a “minha dama”.
Recomendadas

Equipa de resgate procura quatro espeleólogos portugueses em gruta espanhola

Uma equipa de resgate foi acionada para localizar quatro espeleólogos portugueses que estão desde sábado na gruta de Cueto-Coventosa, em Espanha, com os trabalhos de socorro a serem dificultados pelo aumento do nível da água.

Alimentos com mais açúcar, sal e gorduras banidos da publicidade para crianças

A publicidade a alimentos com elevado teor de açucar, sal e gordura como os chocolates, barras energéticas e refrigerantes, está proibida a partir de hoje num raio de 100 metros das escolas e em programas infantis de televisão e rádio.

PremiumComo vamos alimentar 10 mil milhões em 2050?

O JE promoveu no passado dia 16, a conferência “Alimentar o Futuro”, marcando o arranque da 10.ª edição dos ‘Food & Nutrition Awards’. O evento contou ainda com a Sustainable Society Iniciative e o apoio da Vieira de Almeida & Associados (VdA).
Comentários