Sérvulo promove encontro com António Costa e Silva

A Sérvulo promove na próxima semana uma conferência online que conta com a participação de António Costa e Silva, o autor do documento que serve de base ao Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020-2030. Assista ao evento no próximo dia 11 de março, na JE TV. Os leitores do Jornal Económico poderão enviar questões para colocar aos oradores.

antónio_costa_silva_partex_4
Cristina Bernardo

O encontro consistirá numa conversa informal do professor universitário com três sócios da sociedade de advogados: Rui Medeiros (Direito Público e Arbitragem), Diogo Feio (Direito Fiscal, Arbitragem Tributária e Direito do Desporto) e Ana Luísa Guimarães (Direito Público). Em análise vão estar as orientações do documento  que visa guiar a recuperação dos efeitos económicos adversos causados pela pandemia de Covid-19.

O evento será transmitido em streaming na JE TV (em www.jornaleconomico.pt), a partir das 15h00 do dia 11 de março. O Jornal Económico fará a cobertura editorial da conversa, no site e na edição impressa da próxima semana. Além disso, Diogo Feio, sócio da Sérvulo, será o convidado da próxima edição do Falar Direito, o programa de advocacia da JE TV, que será transmitido na próxima segunda feira. Nesse programa serão divulgados mais detalhes sobre o evento.

Leitores do Jornal Económico poderão enviar questões até domingo, dia 7
Os leitores do JE poderão enviar questões para colocar aos oradores do evento, para o endereço editorial@jornaleconomico.pt, até ao próximo domingo, dia 7 de março. As melhores questões serão selecionadas pela organização e distribuídas pelo professor Costa e Silva e pelos outros oradores do encontro

Recomendadas

Abreu Advogados vê receitas aumentarem 12% para 33,6 milhões de euros em 2020

O negócio internacional tem um peso de 40% nas contas da sociedade de advogados.

Garrigues sobe faturação para 386,9 milhões de euros em 2020

Nos últimos cinco anos a sociedade de advogados fez um investimento de 55,1 milhões de euros em projetos de transformação tecnológica e em 2020 a fatia orçamental para I&D foi de 3,1% das receitas totais.

Universidade Nova e Vieira de Almeida debatem as cidades do futuro esta terça-feira

Evento pretende promover a colaboração com diferentes stakeholders da academia e do sector jurídico e empresarial, com o objetivo de antecipar tendências legais, identificar desafios jurídicos emergentes e contribuir para as soluções legais e não só, da sociedade do futuro.
Comentários