PremiumSIL vende lotes de escritórios em Alcântara à BedRock que investe 100 milhões

Pedro Silveira confirma a venda de dois lotes para construção de 37 mil m2 de escritórios a um ‘family office’ que é gerido pelo BedRock Capital e tem David Arié como ‘partner’.

Os lotes de escritórios de Alcântara do Grupo SIL, que chegaram a estar destinados ao BNP Paribas para a construção das suas instalações em Lisboa, foram vendidos, confirmou o Jornal Económico. Trata-se, segundo o presidente do Grupo SIL, Pedro Silveira, de dois lotes para construção de cerca de 37 mil metros quadrados (m2) de escritórios acima do solo, mais caves para estacionamento.

Fonte oficial da BedRock explicou ao Jornal Económico que “a Bedrock Capital Partners, gestora de ativos imobiliários nacional, concretizou a aquisição de dois lotes de terreno para construção de dois edifícios de escritórios em Alcântara, para um family office português com vista à sua detenção como activo de rendimento”.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumEugénio Rosa: “A substituição da administração do Banco Montepio é necessária”

“Sou totalmente contra uma administração que caia de paraquedas no Banco Montepio”, defende Eugénio Rosa, líder da lista C, candidata às eleição dos órgãos associativos do Montepio Geral.

PremiumPedro Corte-Real: “Há garantias do primeiro-ministro que o Montepio ia ser apoiado”

Pedro Corte-Real, que lidera a lista B para a presidência da Associação Mutualista Montepio Geral, defende que o Estado deve ajudar o Banco Montepio e diz que “esse apoio ainda não foi dado por falta de credibilidade das direções”.

Goldman Sachs quer aumentar diversidade étnica e de género nas cotadas do S&P 500 e do FTSE 100

A Goldman Sachs Asset Management diz que quer estar na vanguarda para impulsionar uma maior diversidade e inclusão nos conselhos de administração em todo o mundo.
Comentários