Sismo de magnitude 4,8 sentido na ilha de São Miguel nos Açores

O epicentro do sismo ocorreu a cerca de 19 quilómetros a este/nordeste das Formigas.

Foi sentido um sismo de magnitude 4,8 na escala de Richter, ao início da manhã de hoje em São Miguel, nos Açores, um evento com epicentro a cerca de 19 quilómetros a este/nordeste das Formigas.

Em comunicado, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), que cita o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), informa que o sismo foi registado às 07:07 locais (08:07 em Lisboa).

De acordo com a informação disponível até ao momento, o evento foi sentido com intensidade máxima IV/V na escala de Mercalli Modificada nas freguesias de Água Retorta, Faial da Terra, Senhora dos Remédios, Povoação, Ribeira Quente e Furnas, no concelho da Povoação.

O sismo foi ainda sentido com intensidade IV no Nordeste, Achada, Achadinha e Salga, no concelho de Nordeste, e em Ponta Garça, Ribeira Seca, S. Miguel, S. Pedro e Água d’Alto, no concelho de Vila Franca do Campo.

A Proteção Civil refere ainda que o sismo também sentido com intensidade III/IV na Ribeira Chã, Água de Pau, Santa Cruz, Nossa Senhora do Rosário e Cabouco, no concelho de Lagoa, e Lomba de S. Pedro, Lomba da Maia, Maia, São Brás, Porto Formoso, Ribeirinha, Ribeira Seca, Rabo de Peixe e Pico da Pedra, no concelho da Ribeira Grande.

“Este evento foi ainda sentido com intensidade III/IV no Livramento, S. Roque, Fajã de Baixo, Fajã de Cima, S. Pedro, S. Sebastião e Santa Clara, no concelho de Ponta Delgada”, lê-se no comunicado enviado às redações, acrescentando que o sismo foi sentido com intensidade III nas Feteiras, Candelária, Ginetes, Santa Bárbara e Capelas, no concelho de Ponta Delgada.

De acordo com a Proteção Civil dos Açores, “o CIVISA continua a acompanhar o evoluir da situação, emitindo novos comunicados caso necessário”.

Ler mais
Recomendadas

Restaurante Galáxia SkyFood apresenta nova carta

O restaurante abriu com uma carta simples e segura, mas durante a paragem provocada pela pandemia os chefs decidiram inovar e criar uma nova carta, que, no entanto, mantém alguns pratos da carta antiga.

Covid-19: Madeira mantém 23 casos ativos

“Durante o dia de hoje, foram identificadas mais três situações que se encontram em estudo pelas autoridades de saúde”, refere o boletim epidemiológico do IASAÚDE, acrescentando tratarem-se de “viajantes identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas na Unidade de Rastreio da covid-19 do Aeroporto da Madeira”

Câmara do Funchal investe 24 mil euros na requalificação da Escola Visconde Cagongo

Estas são obras executadas exclusivamente com meios internos da Autarquia e visam a substituição do pavimento da entrada da escola de pedra rolada para betonilha, de forma a tornar o piso mais seguro, já que em dias de chuva ficava muito escorregadio
Comentários