Sonae vai desenvolver soluções inovadoras para melhorar qualidade do sono

A decisão surge no contexto do projeto Smart Health 4 All, liderado pela Siemens e mobilizado pelo Health Cluster Portugal, que reúne 24 outras instituições para a criação de dispositivos médicos inovadores.

A Sonae anuncia que vai criar soluções de mobiliário que permitam a monitorização da qualidade do sono, num esforço para colocar a inovação da empresa ao serviço da saúde. A decisão foi anunciada pela própria empresa em comunicado esta terça-feira.

No contexto do projeto Smart Health 4 All, mobilizado pelo Health Cluster Portugal e financiado pelo Portugal 2020, a Sonae pretende, através da sua subsidiária Surforma, contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos portugueses, especialmente da população mais idosas e de doentes crónicos.

“A empresa aposta na inovação, investigação e desenvolvimento, contribuindo com projetos que reforçam o seu propósito de se tornar mais sustentável”, afirma Cláudia Costa, responsável pela área de investigação e desenvolvimento (I&D) da Surforma. “O projeto Smart Health4All é um bom exemplo desse compromisso, procurando através da inovação em materiais de uso no dia a dia introduzir alterações que tragam cada vez mais benefícios à sociedade”, acrescenta, como se pode ler na comunicação da empresa.

O projeto Smart Health 4 All, liderado pela Siemens, reúne 24 outras instituições para a criação de dispositivos médicos inovadores, contando para isso com seis milhões de euros de investimento a aplicar durante três anos.

[notícia atualizada às 10h43]

Recomendadas

Ex-autarca do Porto diz que volumetria do projeto do El Corte Inglés é “absurda”

No mês passado, o Bloco de Esquerda denunciou que a Câmara do Porto “abdicou de 31 mil m2 para espaços verdes no projeto do Corte Inglês na Boavista, por considerar não serem necessários devido à proximidade da Rotunda da Boavista”. Para Nuno Cardoso, “tem uma densidade absolutamente desmesurada”.

PremiumPortugal é um mercado “importante” para a chinesa Oppo

A fabricante de smartphones quer crescer na Europa e vai investir 6 mil milhões em ‘R&D’ em três anos. Em Portugal, “reforçar a presença” deve passar por acordos com operadores e retalhistas.

PremiumEDP Renováveis vai construir centrais eólicas marítimas na Grécia

EDPR forjou parceria com companhia helénica para instalar 1,5 gigawatts nos mares gregos. Esta é a segunda parceria fechada em cinco meses na Grécia.
Comentários