Sondagem. Costa e Marcelo acusam desgaste devido à pandemia

O Governo encontra-se no limiar das avaliações positivas, enquanto o Presidente da República se encontra com 60% das avaliações positivas. No entanto, a pandemia está a acusar algum desgaste nas avaliações dos governantes.

Manuel de Almeida/Lusa

O primeiro-ministro António Costa e o seu Governo estão em trajetória descendente, tendo perdido três pontos percentuais nas avaliações positivas face ao mês de setembro e perdendo 12 pontos face a julho, segundo uma sondagem da Aximage para o “Jornal de Notícias” deste sábado, 31 de outubro.

Atualmente, o Governo ainda se mantém em terreno positivo, com 51% de avaliações positivas, enquanto o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, se mantém com 60% de avaliações positivas, ainda que também apresente um desgaste e esteja perante umas eleições presidenciais.

A sondagem mostra que o primeiro-ministro e o Presidente da República conseguem um melhor resultado entre os eleitores mais velhos e os mais pobres, sendo que 85% eleitores socialistas dão nota positiva a Costa e 85% dos mesmos eleitores dão nota positiva a Marcelo.

Recomendadas

PremiumAutorizações legislativas concentradas na pandemia

Aprovação do Orçamento do Estado para 2021 volta a dar ao Governo o poder de fazer decretos-lei, sobretudo para garantir resposta à crise causada pela Covid-19. Destacam-se as medidas excecionais para as autarquias e de valorização do interior.

Personalidades JE: Aníbal Cavaco Silva – Dez anos Presidente depois de uma década de Cavaquismo

Foi pela mão de Sá Carneiro que Cavaco Silva entrou na vida política “e foi nele que procurei inspiração no exercício das funções de Primeiro-Ministro”, como referiu na apresentação do seu último livro. Deixa para a história uma obra mais marcante nos dez anos em que liderou o Governo, nos quais viabilizou em Portugal investimentos tão relevantes como a Autoeuropa, a barragem do Alqueva ou a revitalização urbanística da Expo98. Depois do “Cavaquismo” foi Presidente da República durante outros 10 anos.

PremiumMarcelo deve juntar-se aos oito pré-candidatos a partir de dia 9

Presidente da República adia a sua decisão para depois das renovações do estado de emergência. Marcelo Rebelo de Sousa é já o imcumbente que mais tempo demorou a anunciar a recandidatura.
Comentários