Sport TV garante totalidade dos direitos do Euro 2020 incluindo sinal aberto

Nuno Ferreira Pires, presidente executivo da Sport TV, explicou que o objetivo de o canal ter adquirido os direitos de sinal aberto foi o de garantir que os portugueses tivessem acesso aos jogos da seleção de futebol portuguesa.

Nuno Ferreira Pires, presidente executivo da Sport TV

A Sport TV adquiriu “a totalidade dos direitos” de transmissão televisiva do Euro 2020, que inclui “pela primeira vez” os direitos relativos ao sinal aberto, disse hoje o presidente executivo, Nuno Ferreira Pires, à Lusa.

Após um “trabalho de vários meses da equipa da Sport TV, em especial da equipa de programas de informação (…) no concurso UEFA para adquirir os direitos de transmissão do Euro 2020, a Sport TV anuncia hoje que adquirimos a totalidade dos direitos para o Euro 2020”, afirmou o gestor.

“A Sport TV será a televisão oficial do Euro 2020 e adquiriu a totalidade dos direitos de transmissão, incluindo o sinal aberto e o sinal fechado, e é a primeira vez na história da Sport TV” que a empresa “adquire a totalidade dos direitos para o Euro”, campeonato europeu de futebol, acrescentou.

Questionado pela Lusa sobre a razão pela qual também adquiriu os direitos de sinal aberto, Nuno Ferreira Pires explicou que o objetivo foi garantir que os portugueses tivessem acesso aos jogos da seleção de futebol portuguesa.

“Obviamente [que a Sport TV] iria garantir os direitos de transmissão que tem sempre e que tem renovado”, ou seja, a “promessa aos portugueses que em conteúdo nacional onde joga a seleção nacional e, em particular, numa competição desta magnitude que tem impacto mundial, a Sport TV estava no concurso para adquirir aquilo que sempre adquiriu”, disse.

“Neste caso em concreto, a UEFA entendeu que era fundamental haver uma segunda volta” no que respeita ao sinal aberto, uma vez que os estes canais “não estavam a conseguir corresponder às exigências da UEFA, pelo que a Sport TV entendeu que tinha de dar um passo adicional”, prosseguiu.

Ler mais
Recomendadas
pardal henriques

SNMMP junta-se à Fectrans e Antram e assina acordo para contrato coletivo de trabalho dos motoristas

Só falta o Sindicato Independente de Motoristas de Mercadorias apreciar o acordo para o novo contrato coletivo de trabalho dos motoristas de pesados de mercadorias, mas tal só acontecerá no fim de semana, quando a estrutura sindical tiver realizado um plenário para discutir o acordo final.

Governo cria grupo de trabalho para preparar Web Summit até 2028

O ‘Grupo de Trabalho Web Summit Portugal 2019-2028’ vai entrar em vigor já este ano, com o objetivo de “assegurar a organização e a coordenação da Web Summit, em cada ano do período de 2019 a 2028”.

IKEA vai investir em novas lojas em Portugal: margem sul do Tejo, Cascais e Sintra

A multinacional sueca pretende abrir lojas de pequena dimensão em Sintra, Cascais e a sul de Lisboa, assim como centros de encomendas, de planeamento e de levantamento.
Comentários