Sporting SAD estima perdas de 17,5 milhões esta temporada devido à pandemia

A realização dos jogos da equipa profissional à porta fechada, que não permite a venda das habituais Gamebox (lugares anuais), da bilheteira jogo a jogo, do corporate (camarotes e business seats) deverá determinar um pacto de 17,5 milhões de euros no final da atual temporada, realça a SAD dos leões.

A Sporting SAD apresentou esta segunda-feira os resultados financeiros referentes ao primeiro trimestre da época 2020/21, documento onde contabiliza os impactos da pandemia neste período mas também no total da temporada.

“Os resultados do primeiro trimestre da época 2020/21 resultam do efeito incontornável das consequências causadas pela pandemia COVID-19, cujo efeito tem sido global, não sendo a Sporting SAD excepção, estimando-se um impacto negativo em cerca de 5 milhões de euros no trimestre agora findo e no total da época em 17,5 milhões de euros”, pode ler-se no documento remetido à CMVM.

Esses 5 milhões de euros são divididos pelas seguintes linhas de receitas, de acordo com a Sporting SAD: Gamebox e bilheteira a Sporting SAD teve uma perda de receita estimada em 2,2 milhões de euros; no corporate, que inclui os camarotes e a publicidade e patrocínios, uma perda de 1,6 milhões de euros e; no merchandising uma perda de 1,1 milhões de euros.

A SAD dos leões considera que este resultado será “consequência da realização dos jogos da equipa profissional à porta fechada não permitindo a venda das habituais Gamebox (lugares anuais), da bilheteira jogo a jogo, do corporate (camarotes e business seats) e afectando drasticamente outras linhas de receita como é o caso do merchandising, visitas e eventos, entre outras”.

“Considerando a época inteira, o impacto projectado da quebra de receita é de 17,5 milhões de euros. Por outro lado, estima-se uma redução dos custos variáveis para a época 2020/21 no valor de 3,4 milhões de euros (1,2 milhões de euros no trimestre). Assim sendo a perda líquida no primeiro trimestre é de 3,8 milhões de euros e poderá atingir o montante anual de 14,2 milhões de euros”, contabiliza a SAD dos leões.

Recomendadas

FIFA promete banir clubes ou jogadores que disputem futura Superliga Europeia

“Qualquer clube ou jogador envolvido em tal competição não poderia, portanto, participar de nenhuma competição organizada pela FIFA ou das respetivas confederações”, pode ler-se em comunicado conjunto da FIFA e confederações

Ex-jogador do Real Madrid FC torna-se no primeiro futebolista a ser comprado com bitcoin

O clube que faz parte da DUX Gaming não divulgou o valor total do negócio, mas a mudança para Barral foi “possível” através do patrocinador do clube espanhol, a Criptan – uma plataforma local para compra e venda de criptomoedas.

Liga Portugal adverte que paragem desportiva poderá significar “colapso económico” das SAD

Sónia Carneiro, diretora executiva da Liga Portugal, realça o valor estimado para o prejuízo dos clubes até ao final da época “ronda os 266 milhões de euros”, decorrentes do facto de não haver público nos estádios e da diminuição do investimento de alguns patrocinadores.
Comentários