Taxa de Inflação homóloga do IPC aumenta para 2,0% no mês de Julho

A taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) foi de 2,0% em Julho de 2018, superior em 0,4 pontos percentuais (p.p.) à do mês anterior, revela o INE.

O indicador de inflação subjacente (índice total excluindo energia e produtos alimentares não transformados) registou uma variação homóloga de 0,5%, valor idêntico ao registado em Junho de 2018.

Para essa variação contribuíram positivamente e de forma significativa as classes dos transportes (+8,2%), das rendas de habitação, água, eletricidade, gás e outros combustíveis (+3,6%), dos Hotéis, restaurantes, cafés e similares (+2,6%), do ensino (+2,5%), dos bens e serviços diversos (+2,2%) e da saúde (+2,0%).

O Instituto Nacional de Estatística indicou por outro lado que a variação negativa foi apenas observada na classe dos vestuários e calçados (-0,2%).

Em relação à variação mensal a taxa de foi 0,4% (0,6% no mês anterior e 0,0% em julho de 2017), valor inferior ao registado no mês anterior em 0,2 p.p.

Para tal contribuíram as classes dos transportes (+1,3%), do lazer, recreação e cultura (+0,9%), dos acessórios, equipamento doméstico e manutenção corrente da habitação (+0,7%), dos produtos alimentares e bebidas não alcoólicas (+0,6%) e das comunicações (+0,4%).

Por outro lado, as variações mensais negativas foram observadas nas classes dos bens e serviços diversos (-0,1%) e dos vestuários e calçados (-0,9%).

O documento mostra ainda que as principais subidas de preços registadas pelo IPC aconteceram nos subgrupos de transporte aéreos de passageiros, dos produtos hortícolas, incluindo batatas e outros tubérculos e peixe.

Por conseguinte as principais descidas de preços ocorreram nos subgrupos dos combustíveis líquidos, artigos de joalharia, bijuteria e relojoaria, limpeza reparação e aluguer de vestuário.

A nível regional, registaram-se variações mensais positivas (em todos os centros), sendo 0,5% em São Vicente, 0,4% em Santiago e 0,2% em Santo Antão.

A taxa de variação média dos últimos doze meses fixou-se em 1,1%, valor idêntico ao registado no mês anterior.

Ler mais
Recomendadas

Tribunal de Contas cabo-verdiano alerta que 99% das empresas públicas não pagam dívidas

Presidente do TC aconselhou a Direção da Receita do Estado a fazer melhorias na plataforma eletrónica que gere a dívida do Estado.

Ministro cabo-verdiano anuncia recrutamento de mais 239 enfermeiros para o SNS

O ministro da Saúde de Cabo Verde, Arlindo do Rosário, anunciou que ainda este ano vão ser recrutados 239 enfermeiros, perfazendo cerca de 400 novos quadros do género entrados para o Sistema Nacional de Saúde (SNS). O governante cabo-verdiano informou também que até ao próximo mês de junho serão admitidos mais 11 médicos, o que, […]

FMI continuará a apoiar Cabo Verde na implementação de reformas

“A economia já recuperou de forma sólida, a taxa de crescimento encontra-se na ordem dos 5,5% e a taxa de inflação está controlada. Naturalmente, que muito mais é necessário fazer”, disse Tao Zhang.
Comentários