Tombos de Mota-Engil e Nos penalizam PSI-20

O PSI-20 prossegue a manhã desta sexta-feira a cair 0,49% para 4.265,96 pontos graças às penalizações da construtora e operadora portuguesa.

Simon Dawson/Reuters

O principal índice bolsista segue em baixa na última sessão da semana, penalizada pelos tombos da Mota-Engil e Nos. Assim, o PSI-20 prossegue a manhã desta sexta-feira a cair 0,49% para 4.265,96 pontos.

A construtora portuguesa regista uma queda de 3,20% para ,1270 euros seguindo a tendência que se verificou ao longo desta semana, à semelhança da operadora que recua 2,67% para 3,21 euros. Também a Pharol, o BCP e a Galp registam deslizes superiores a 1% (-1,74% para 0,1128 cêntimos, -1,41% para 0,0912 cêntimos e 1,46% para 8,91 euros, respetivamente).

Em sentido contrário, surge a Novabase a crescer 2,53% para 3,650 euros e a EDP Renováveis que sobe 1,01%  para 14,04 euros. Abaixo da linha de crescimento de 1%, o PSI-20 regista a Corticeira Amorim (0,55% para 10,96 euros), a Semapa (0,25% para 8,05) e a EDP (0,31% para 4,23 euros).

Nas praças europeias, as negociações vão oscilando entre o terreno positivo e negativo. O índice de “nuestros hermanos”, o IBEX recua 1,50% para 6.980,00 pontos, penalizado pela retalhista Inditex (-2,8%) e do Santander (-3,63%) .

O índice parisiense, CAC40 cai 0,27% para 5.025,93 pontos e o britânico Ftse 100 desvaloriza 0,18% para 6.039,15 pontos.

A contrariar a tendência, a praça alemã regista ganhos com rumores de que a Covestro (+6,82% para 47,640 euros) poderá ser alvo de aquisição. Assim, o DAX sobe cerca de 0,25% para 13,241 pontos, em linha com o EuroStx que sobe 0,16% para 3,322 pontos.

“Nos EUA a Fed iniciou uma segunda ronda de stress tests à Banca e está a considerar estender as restrições sobre o pagamento de dividendos e recompra de ações que impôs aos maiores bancos dos EUA”, refere Ramiro Loureiro, analista do BCP do investment banking. “No combate à pandemia Covid-19, a Roche” (+2,15% para 342,60 euros) “revelou que um estudo fase 3 mostrou bons resultados em pacientes com pneumonia grave associada ao vírus”, acrescenta.

Ler mais

Recomendadas

Sonae e BCP afundam PSI-20 a meio da sessão

Bolsa de Lisboa encontra-se agora a cair 0,54% para 5.010,85 pontos, seguindo a tendência das suas congéneres europeias.

Bolsa portuguesa acompanha Europa no vermelho. Galp e BCP pressionam PSI 20

PSI 20 cai 0,37%, para os 5.019,49 pontos, em linha com as principais praças europeias.
Forum BCE 2020 — Christine Lagarde

Topo da agenda: o que não pode perder na economia e nos mercados esta semana

A semana ficará marcada pela tomada de posse de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos. Os analistas e investidores estarão também atentos à reunião do Banco Central Europeu, numa semana na qual também há reunião do Eurogrupo. Destaque ainda para a publicação dos dados sobre o endividamento da economia portuguesa.
Comentários