PremiumTranquilidade com comprador escolhido até junho

A Apollo tem estado a receber propostas não-vinculativas para a Seguradoras Unidas. Em maio, escolhe três finalistas para a fase final.

A Apollo Global Management já está a receber propostas não vinculativas para a Seguradoras Unidas, que engloba a Tranquilidade, a Açoreana e a Logos. A lista de candidatos são todos players internacionais, sabe o Jornal Económico. Alguns deles já foram avançados pelo jornal espanhol ‘Cinco Días’. Trata-se da Mapfre, da Ageas, da Generali, da Zurich e da Allianz. Durante este mês, decorrerá a fase das propostas non-binding (propostas não vinculativas).  Para realizar a venda, o fundo norte-americano contratou a espanhola Arcano Partners.

Entre maio e junho, serão analisadas as propostas e será selecionada uma short-list de três companhias para apresentação de propostas vinculativas. O objetivo do fundo Apollo é ter um vendedor escolhido para um contrato de promessa de compra e venda até ao fim de junho. Contatada, a fonte oficial da Tranquilidade não comenta. Segundo o calendário indicativo revelado ao Jornal Económico, a finalidade dos norte-americanos é ter o closing da venda, já depois das devidas autorizações regulatórias, até ao fim do ano.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

Novo Banco já deu mais de 36 mil moratórias no crédito à habitação que representam 2.150 milhões de euros

Apesar do valor em causa — 2.150 milhões de euros — o Novo Banco salienta que 85% dos clientes que celebraram contratos de crédito à habitação com a instituição financeira “mantiveram as suas responsabilidades no pagamento das prestações” durante o “contexto adverso” da pandemia.

Banif: Lesados contestam relatório da Baker Tilly e pedem nova análise aos ativos

“No resumo do Relatório Baker Tilly que o Banco de Portugal (BdP) divulgou é negada praticamente qualquer recuperação àqueles Lesados” do Banif, refere a ALBOA num comunicado hoje divulgado, contestando ainda a falta de acesso ao documento integral.

Pedidos de adesão a moratórias de crédito abrangeram 841 mil contratos no segundo trimestre de 2020

Até 30 de junho, as instituições aplicaram as medidas de apoio previstas nas moratórias a 741.623 empréstimos”, o que representou 88% do total dos pedidos efetuados.
Comentários