Tribunal reconfirma arresto da quinta de Berardo

O arresto serve para garantir um eventual pagamento de 7,1 milhões de euros.

O Tribunal Judicial da Comarca da Madeira publicou na passada terça-feira o edital de arresto da quinta Monte Palace, da Fundação Berardo. A notícia foi avançada pelo Diário de Notícias da Madeira.

O arresto foi requerido pela Caixa geral de Depósitos e o documento confirma ainda que os requeridos são o empresário ‘Joe’ Berardo, através da Fundação José Berardo e da Associação de Coleções, e serve para garantir um eventual pagamento de 7,1 milhões de euros e despesas de processo.

A notícia de que o arresto havia sido pedido foi avançada pelo jornal Eco no final do mês passado. O mesmo jornal afirma também que em causa está uma dívida da Fundação de cerca de 350 milhões.

Recomendadas

Ryanair ganha caso das raspadinhas ao fisco

Cartões do ‘lotto’ são vendidos pela casa-mãe da transportadora aérea, na Irlanda, e não pela sucursal portuguesa. Logo, as liquidações de 75,9 mil euros de IVA deverão ser anuladas, avança o Público.

Caso dos emails. Juiz pede escusa por ser benfiquista

Juiz Eduardo Pires é titular do Red Pass do Benfica, tem lugar cativo no Estádio da Luz e, pelo facto de ser sócio há pelo menos 50 anos, recebeu uma “Águia de Ouro”. Em junho do ano passado, o FC Porto, a SAD do clube e Francisco J. Marques foram condenados a pagar dois milhões de euros.

Empresário José Guilherme confirma buscas e nega dívidas ao Montepio e Finibanco Angola

“Todas as minhas responsabilidades para com os bancos estão ou definitivamente cumpridas e encerradas ou em situação regular de cumprimento”, defende o empresário da Amadora.
Comentários