Trump acusa Powell e a Fed de não terem “coragem, sentido ou visão”

O presidente norte-americano tem criticado o banco central, dizendo que a lentidão em cortar as taxas de juro está a prejudicar economia na comércio internacional.

A Reserva Federal reduziu taxa de juro diretora em 25 pontos base esta quarta-feira, pela segunda vez este ano, mas a medida foi insuficiente para Donald Trump, que tem pressionado o banco central norte-americano liderado por Jerome Powell a acelerar os cortes no custo do financiamento na maior economia do mundo.

“Jay Powell e a Reserva Federal falham de novo. Nenhuma ‘coragem’, sentido, visão! Um péssimo comunicador!”, comentou o presidente no Twitter, momentos após a Fed ter anunciado o corte da federal funds rate para um intervalo de 1,75% a 2%.

Relacionadas

Reserva Federal corta taxas de juro em 25 pontos base para 1,75%-2%

O banco central liderado por Jerome Powell repetiu a dose, após em julho ter feito o primeiro corte na ‘federal funds rate’ em mais de uma década.

“Estímulo!”: Trump pede à Fed um grande corte nas taxas de juro

Reserva Federal norte-americana poderá anunciar esta quarta-feira novo corte na taxa de juros directora, depois da descida de 25 pontos base em julho. Presidente norte-americano aumenta a pressão sobre Powell.

Trump elogia “rapidez” do BCE e aumenta pressão sobre a Reserva Federal

O presidente norte-americano afirmou, no Twitter, que o BCE “agiu de forma rápida” ao cortar a taxa em 10 pontos base. “Eles estão a tentar, e a conseguir, depreciar o euro face a dólar MUITO forte, penalizando as exportações dos EUA… e a Fed continua sentada, e sentada e sentada”.
Recomendadas

Trump corta laço com a OMS mas não sobe tarifas à China e Wall Street fecha mista

Os Estados Unidos vão aumentar o escrutínio das empresas chinesas cotadas em Nova Iorque, algo que a Tencent se prepara para fazer já na próxima semana. “As empresas de investimento não devem sujeitar os clientes aos riscos escondidos e impróprios associados ao financiamento de empresas chinesas que não seguem as mesmas regras”, disse esta sexta-feira Donald Trump.

Bolsas europeias acabam semana com perdas. Papeleiras abalam PSI-20

Já EDP Renováveis subiu 1,71%, para 11,92 euros, um dia depois de ter informado que assegurou um contrato de 20 anos num leilão de energia eólica em Itália.

Wall Street abre mista à espera da conferência de imprensa de Donald Trump

A pressão vendedora começou a sentir-se logo ontem à noite, quando o presidente norte-americano informou que iria falar aos jornalistas sobre a China. “O governo dos Estados Unidos está… Vou usar a palavra furioso com o que a China fez nos últimos dias, semanas e meses”, disse esta sexta-feira o assessor económico da Casa Branca.
Comentários