Tudo o que vai mudar nas comissões bancárias

O regulador vai lançar um novo comparador de comissões bancárias. Os bancos terão de enviar dados com base numa terminologia harmonizada, o que trará alterações nas informações recebidas pelos clientes.

As comissões de emissão e de anuidade de um cartão de débito ou crédito vão deixar de existir, a partir de dia 1 de outubro. As instituições financeiras vão passar a ter de incluir ambos os montantes na comissão de disponibilização de um cartão de débito ou de disponibilização de um cartão de crédito, por indicação do Banco de Portugal.

O regulador vai lançar, esta segunda-feira, um novo Comparador de Comissões do portal do cliente bancário. Era já possível consultar informações sobre contas de serviços mínimos bancários e sobre a conta base. Agora, o novo serviço vai abranger 93 serviços (a quase totalidade) de cada uma de cerca de 200 instituições financeiras a operar em Portugal.

Para isso, os bancos vão ter maiores deveres de reporte ao regulador já que terão de enviar informação sobre os valores mais elevados cobrados por cada um dos 93 serviços. A cada mudança, terão de reportar novamente.

As informações enviadas terão por base uma terminologia definida a nível europeu, que permite a comparação dos mesmos serviços, com nomes comerciais diferentes. É neste sentido, que desaparecem as duas comissões de emissão e de anuidade.

“As instituições passam a estar obrigadas a utilizar terminologia harmonizada na prestação de informação aos seus clientes sobre as comissões associadas aos serviços incluídos no Comparador de Comissões. Por exemplo, a comissão associada à gestão de uma conta de depósito à ordem ou de outra conta de pagamento passa a ser designada de comissão de manutenção de conta”, explicou o BdP em comunicado.

“Da mesma forma, os encargos associados à emissão e à anuidade de um cartão de débito ou de crédito passam a estar incluídos no serviço de ‘disponibilização de um cartão de débito’ ou de ‘disponibilização de um cartão de crédito'”, acrescentou.

Ler mais
Relacionadas

Comissão de “disponibilização de um cartão” vai substituir emissão e anuidade

O regulador vai lançar um novo comparador de comissões bancárias. Os bancos terão de enviar dados com base numa terminologia harmonizada, o que trará alterações nas informações recebidas pelos clientes.

Bancos vão ter de reportar todas as alterações a comissões bancárias ao BdP

Deveres de reporte que as instituições financeiras têm de enviar ao Banco de Portugal são alargados a partir de 1 de outubro com o lançamento do novo comparador de comissões bancárias do regulador.

BdP lança comparador de 93 comissões bancárias a 1 de outubro

O regulador já permitia a consulta de informações sobre contas de serviços mínimos bancários e sobre a conta base. O novo portal vai abranger 93 serviços de todas as instituições financeiras a operar em Portugal.
Recomendadas

Apax Partner lança plataforma pan-europeia de seguros vida e gestão de fortunas

Depois da compra da GNB-Vida, a Apax-Partners lança a GamaLife, uma plataforma pan-europeia de seguros de vida e gestão de património. O novo presidente da ex-BES Vida é Matteo Castelvetri.

Novo Banco vende seguradora GNB Vida por 168 milhões de euros

O Novo Banco explicou, em comunicado, que “o preço fixo equivale a 168 milhões de euros para a base comparável de ativos subjacente ao preço de 190 milhões anteriormente comunicado, dado o decurso de tempo e a venda de imóveis da seguradora verificados entretanto”.

Novo Banco com participação qualificada na Cofina

O Novo Banco passou a ter uma participação superior a 2% na Cofina depois do seu Fundo NB Portugal Ações ter comprado títulos no mercado. A Cofina está em processo de aquisição da Media Capital.
Comentários