Turquia poderá pedir resgate ao FMI para suster inflação e colapso da lira turca

Em 2018, a lira turca já caiu 28% em relação ao dólar americano. Inflação de cerca de 16% poderá levar a Turquia a pedir um resgate ao Fundo Monetário Internacional.

Com a inflação a cerca de 16% e a lira turca a bater em mínimos históricos, a Turquia estará a ponderar um pedido de resgate ao Fundo Monetário Internacional (FMI), de forma a deter uma queda que está a desestabilizar as finanças do país.

“Não há agosto tranquilo nos mercados. Se em outros anos a China e as desvalorizações do yuan foram protagonistas no Verão, este ano é a Turquia e a lira que estão a converter-se em fator a vigiar pelos investidores de meio mundo”, salienta o jornal “El Economista”.

Enquanto o dólar americano se fortalece, as moedas de países emergentes apresentam desequilíbrios, como se verificou na Argentina que pediu oficialmente a ajuda do FMI, em maio, para suster a desvalorização do peso e a fuga de capitais que assolava o país. Agora poderá ser a vez da Turquia seguir o mesmo caminho, segundo noticia a Bloomberg.