UEFA mantém restrições ao FC Porto no âmbito do fair-play financeiro

Entre as limitações está o número de jogadores inscritos na Lista A (a que inclui os jogadores principais inscritos nas provas europeias), bem como outras restrições a jogadores recém-transferidos.

A câmara de investigação do Comité de Controlo Financeiro de Clubes da UEFA anunciou que vai manter algumas restrições ao Futebol Clube do Porto, noticiou a TVI esta sexta-feira 7 de agosto.

Em nota de imprensa, a UEFA decidiu que o FC Porto cumpriu apenas «parcialmente» as metas do fair-play financeiro fixadas para a época 2019/20 e como tal decidiu continuar a aplicar ao campeão nacional algumas restrições durante a época 2020/21.

Entre as limitações está o número de jogadores inscritos na Lista A (a que inclui os jogadores principais inscritos nas provas europeias), bem como outras restrições a jogadores recém-transferidos.

Quanto ao Galatasaaray, Kairat Almaty e Maccabi Tel Aviv, na missiva, a UEFA referiu que cumpriram com os objetivos propostos, mas vão permanecer em regime de monitorização. Quem vai deixar o regime de monitorização serão os romenos do Cluj que cumpriram os objetivos globais

A UEFA apontou ainda que incluiu mais três clubes no regime de monitorização: Lille, Istambul Basaksehir e o Wolverhampton, que ficaram aquém do exigido e como tal serão monitorizadas nas próximas épocas. Os Wolves permanecerão neste regime por duas épocas, o Lille e o Istambul Basaksehir durante quatro temporadas.

 

Ler mais

Relacionadas

Última chamada para a ‘Final 8’: CR7 quer dar volta ao Lyon e marcar passagem para Lisboa

Juventus perdeu na primeira mão em França por 1-0 e só a vitória em interessa ao conjunto italiano. Tarefa mais complicada tem o campeão espanhol Real Madrid, que se desloca a Manchester para defrontar o City depois de ter sido derrotado por 1-2.

Hacker português Rui Pinto vai ser libertado

Fundador do “Football Leaks” vai aguardar julgamento em liberdade, depois de quatro meses de prisão domiciliária e um de preventiva.

‘Champions’ em Lisboa. Atlético de Madrid: marca de 804 milhões com um português como o mais caro de sempre

O “Atleti”, como também é conhecido o clube de Madrid, surpreendeu tudo e todos quando eliminou o campeão em título da Liga dos Campeões, Liverpool FC. Clube vale 804 milhões de euros e posiciona-se como um dos mais fortes candidatos ao título europeu.
Recomendadas

Santa Clara – Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público no estádio

O jogo Santa Clara – Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga de futebol, vai ter uma assistência de 1.000 pessoas, sendo o primeiro jogo profissional da época a ter público no estádio devido às restrições da Covid-19.

“À beira do colapso”. Liga italiana perde 500 milhões de euros em bilheteira devido à pandemia

A venda de bilhetes representa 11% da receita anual da liga, que está fixada nos 2,5 mil milhões de euros por ano, sendo que a grande maioria corresponde aos direitos televisivos.

Fórmula 1 regressa a Portugal com o apoio da cervejeira Heineken

Esta marca de cerveja, que pertence ao grupo que controla a Central de Cervejas, vai lançar uma campanha que resulta da parceria global com a Fórmula 1, iniciada em 2016, “plataforma excecional que tem servido para reforçar o compromisso da cerveja Heineken na promoção de mensagens responsáveis sobre o consumo de bebidas álcoolicas aliado à condução”.
Comentários