União Europeia planeia utilizar mecanismo de compras das vacinas para os combustíveis

O primeiro-ministro, António Costa, referiu no final da reunião do conselho europeu que esta proposta foi feita à Comissão Europeia que estude a possibilidade de um mecanismo de compra conjunta para os combustíveis.

A União Europeia (UE) está a ponderar a aplicação aos combustíveis um mecanismo idêntico ao que usou para a compra de vacinas contra a Covid-19. A informação foi dada pelo primeiro-ministro, António Costa, que participou esta sexta-feira, 22 de outubro, na reunião do Conselho Europeu em Bruxelas.

“O debate centrou-se sobretudo, nas medidas do ponto de vista estrutural e de médio prazo que devem ser tomadas ao nível da Comissão Europeia”, começou por dizer, em declarações aos jornalistas, esta tarde. “Em primeiro lugar, um convite para que a Comissão proceda ao estudo de duas questões importantes: uma, se há vantagens em podermos reproduzir na área dos combustíveis um mecanismo de compra conjunta que tão bons resultados deu no processo das vacinas”, afirmou António Costa.

O primeiro-ministro destacou o facto de Portugal já ter neste momento 60% da energia que consome como fonte em energias renováveis, o que permitirá que a eletricidade às famílias não aumente e pelo contrário tenha uma redução superior a 3% e que a taxa de ligação às redes pagas pelas indústrias tenha uma redução superior a 90%.

Outro dos apelos feitos à Comissão Europeia prendeu-se com a necessidade de diversificar as fontes de abastecimento de energia na Europa. “Como é sabido, 41% do gás consumido na Europa é fornecido pela Rússia. Foi feito um apelo à Comissão para que desenvolva contactos, tendo em vista a incrementar as relações comerciais com outros fornecedores, e designadamente a possibilidade de utilizar o Porto de Sines, para uma maior utilização do GNL de origem africana ou americana”, salientou António Costa.

Recomendadas

UE anuncia apoio de 3,4 mil milhões de euros à América Latina para recuperação pós-covid-19

O anúncio foi feito durante uma reunião virtual presidida por Charles Michel, presidente do Conselho Europeu, em representação da União Europeia (UE), juntamente com a presidente da Comissão Europeia e o Alto Representante da UE para a Política Externa e com a participação de sete chefes de Estado e de Governo da região da América Latina e Caraíbas.

Biden e Putin vão conversar para acalmar tensão nas fronteiras ucranianas

Na manhã desta quinta-feira, em Estocolmo, à margem de uma reunião ministerial da OSCE, o chefe da diplomacia norte-americana informou que tinha tido um encontro “sério e produtivo” com o seu homólogo russo, a quem transmitiu o conselho de a Rússia retirar as suas tropas da fronteira com a Ucrânia.

Alemanha em mudança com foco no novo ministro das Finanças. Ouça o podcast “A Arte da Guerra” com Francisco Seixas da Costa

Do novo Governo da Alemanha ao divórcio entre eleitores e poder político na Argélia passando pelos conflitos entre Reino Unido e França com o Brexit pelo meio. Tensão é a palavra que marca esta edição do podcast do JE, que conta com a análise do embaixador Francisco Seixas da Costa.
Comentários