Ursula von der Leyen anuncia que primeiras doses de vacina contra Covid-19 podem chegar já em abril

A presidente da Comissão Europeia mostrou otimismo esta manhã ao anunciar que espera que as primeiras doses de vacina contra a Covid-19 cheguem em abril de 2021, podendo chegar até às 50 milhões de doses entregues mensalmente a Bruxelas.

Twitter

A presidente da Comissão Europeia (CE) anunciou, esta quarta-feira, durante a sessão de perguntas e respostas depois da conferência de imprensa, que espera que as primeiras doses de vacina contra a Covid-19 cheguem em abril de 2021, podendo chegar até às 50 milhões de doses entregues mensalmente a Bruxelas.

“As grandes quantidades de vacina podem chegar já em abril”, anunciou, acrescentando que no melhor cenário possível, a União Europeia (UE) pode esperar que sejam entregues entre 20 a 50 milhões de doses de vacina contra Covid-19 a partir de abril 2021.

“Temos estado a criar um portefólio de candidatos contra a vacina. Isto não teria sido capaz sem a união da UE e o trabalho das empresas farmacêuticas”, explicou.

A notícia chega momentos depois da CE ter anunciado que vai disponibilizar um pacote de 100 milhões de euros para aquisição de testes rápidos que serão, posteriormente, distribuídos pelos 27 Estados-Membros.

Além deste reforço na testagem contra o vírus Sars-Cov-2, a presidente da Comissão Europeia anunciou ainda a aquisição conjunta de equipamento médico para vacinação e a extensão da suspensão temporária dos direitos aduaneiros e do IVA sobre a importação de equipamento médico de países terceiros.

Ursula von der Leyen anunciou ainda que vai ser proposto que os hospitais e os médicos fiquem isentos de pagar IVA sobre as vacinas e kits de teste utilizados na luta contra o coronavírus.

Ler mais
Relacionadas

Bruxelas vai disponibilizar 100 milhões de euros para aquisição de testes rápidos para a Covid-19

Além deste reforço na testagem contra o vírus Sars-Cov-2, a presidente da Comissão Europeia anunciou ainda a aquisição conjunta de equipamento médico para vacinação e a extensão da suspensão temporária dos direitos aduaneiros e do IVA sobre a importação de equipamento médico de países terceiros.
Recomendadas

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE, diz António Costa

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a Covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

França prepara grande campanha de vacinação entre abril e junho

A França está a planear uma grande campanha de vacinação para o público em geral entre abril e junho, depois de uma primeira vaga dirigida às pessoas mais vulneráveis, anunciou hoje o Presidente francês, Emmanuel Macron.

Covid-19: plano de vacinação apresentado na quinta-feira

Na quarta-feira o primeiro-ministro vai reunir-se com a equipa que está a elaborar este plano de vacinação contra o coronavírus.
Comentários