Usa cartão de crédito? Saiba como evitar fraudes e custos acrescidos

O uso de cartões de crédito é cada vez mais popular. Se ainda não tem, já deverá ter sido contactado pelo seu banco para adquirir um. Se já tem, provavelmente já recebeu uma chamada do seu banco para rever as condições. Mas sabe como usar um cartão de crédito? Descubra tudo neste artigo.

Comecemos pelo ABC dos cartões de crédito para que entenda, plenamente, como funcionam, para que servem e, também, como usar um cartão de crédito de forma consciente e segura, maximizando os benefícios que estes têm para lhe proporcionar.

Usar um cartão de crédito é uma forma cómoda, fácil e flexível de fazer pagamentos que funciona como um pequeno empréstimo pessoal. Isto é, este tipo de cartão disponibiliza um plafond, determinado a priori pelo seu banco, que poderá utilizar sempre que necessite sem ter de recorrer à sua conta à ordem.

 

Como funciona um cartão de crédito?

Imagine que necessita de comprar uma televisão de qualidade para a sala de estar e, por algum motivo, não quer mexer no dinheiro que tem na sua conta à ordem, optando por usar um cartão de crédito para pagar este investimento de mil euros.

Antes de tudo, deverá verificar se o seu cartão de crédito tem plafond suficiente para poder ser utilizado.

Tem? Perfeito. Então pode usá-lo para fazer a sua compra.

Mas sabe o que acontece no momento em que passa o cartão de crédito no terminal de pagamento? De forma simples, é como se estivesse a pedir um empréstimo de mil euros ao banco, comprometendo-se a pagar de volta dentro do prazo estipulado.

O prazo de devolução do dinheiro pode estender-se, de forma gratuita, até 50 dias, isto caso o pagamento seja feito a 100%. Já caso se opte pelo pagamento em prestações, haverá lugar ao pagamento de juros sobre o valor em dívida.

 

Sabe como usar um cartão de crédito?

Na prática, usar um cartão de crédito é fácil. Basta passá-lo no terminal no momento da compra et voilà, simples e rápido. O que muitas pessoas não sabem é como usar um cartão de crédito de forma consciente e segura.

Vamos assumir que comprou a sua televisão em maio. Utilizou o cartão de crédito para pagar os mil euros e, nesse mês, já tinha utilizado crédito para as compras de supermercado onde gastou 100 euros. Neste caso, já tem um crédito de 1.100 euros que terá de pagar na totalidade.

Existem duas formas a que pode recorrer para pagar o seu cartão de crédito: pagamento total (100%) ou pagamento parcial.

  • Pagamento total (100%)

Para evitar encargos acrescidos com taxas de juro deverá optar, sempre que possível, pelo pagamento total (100%) do saldo utilizado no cartão dentro da data limite.

  • Pagamento parcial

Caso não tenha disponibilidade para efetuar o pagamento do cartão de crédito a 100% pode optar pela modalidade de pagamento parcial. No entanto, se optar por este método, terá o acréscimo de juros sobre o valor em dívida.

Desta forma, pode acordar com o banco um limite de tempo e um montante ou percentagem mensal a pagar até cobrir o que gastou. A grande maioria das instituições facilita esta gestão sendo possível fazê-la de forma simples e rápida através de apps ou serviços de homebanking.

Por norma, e em ambas as modalidades de pagamento, o extrato do cartão é emitido no final do mês, sendo cobrada nesta data a percentagem do valor em dívida definida pelo cliente. O montante do plafond que foi saldado volta, assim, a ficar disponível para utilização.

 

Fique atento: Quando aderir ao seu cartão de crédito, certifique-se de que sabe tudo sobre condições e taxas de juro aplicáveis para não ser apanhado de surpresa.

 

Como usar um cartão de crédito e que cuidados deve ter?

Para além de ser uma forma de pagamento cómoda, segura e aceite em todo o mundo, os cartões de crédito também lhe proporcionam vantagens aquando da sua utilização, tais como: descontos exclusivos, cashback, programas de pontos ou de milhas aéreas, bem como diversos seguros gratuitos (viagem, acidentes pessoais, roubo ou fraude, proteção de compras online, entre outros).

Estas vantagens dependem do tipo de cartão de crédito pelo qual optar. Por isso, é importante que tenha em consideração o seu perfil e necessidades na hora de escolher o melhor cartão para si.

Por exemplo, se é uma pessoa que gosta de viajar, provavelmente um cartão de crédito com milhas aéreas é a escolha mais adequada. Porém, se efetua compras online com muita frequência, talvez o cartão de crédito com descontos seja a melhor opção.

Se o seu cartão de crédito incluir acesso a programas de descontos pode sempre procurar por lojas que ofereçam algum tipo de benefício aos consumidores que utilizarem esse cartão para efetuar a compra e, assim, usufruir de um preço mais competitivo para a sua televisão, por exemplo.

 

Que cuidados devo ter ao utilizar cartões de crédito?

É necessário tomar precauções na utilização do cartão de crédito, principalmente para evitar o risco de fraude. Apesar de, atualmente, quase todos os cartões possuírem tecnologia EMV capaz de aumentar a segurança das transações, há um conjunto de boas práticas que não devem ser descuradas.

 

Deixamos algumas dicas sobre como usar um cartão de crédito de forma segura:

  1. Quando recebe o seu cartão de crédito deve assiná-lo no verso, destruir o cartão antigo e certificar-se que anota o código num local seguro (nunca junto ao próprio cartão) – ou, melhor ainda, que o memoriza;
  2. Nunca perca o seu cartão de vista. Por exemplo, quando se dirigir à loja para comprar o seu LCD garanta que faz o pagamento no terminal à frente do empregado.
  3. Efetuar uma cópia da banda magnética é muito fácil e demora uns poucos minutos: nem dará conta.
  4. Nunca forneça o número completo do cartão, seja por telefone ou por e-mail, mesmo que se trate de uma empresa na qual confia.
  5. Ao efetuar compras online, assegure-se que só utiliza o seu cartão em sites fidedignos e certifique-se que o endereço do website da loja se inicia por “https” em vez de “http”. O “s” é indicador de que a ligação é mais segura.
  6. Se suspeitar que está a ser vítima de fraude, se perdeu o seu cartão ou se o mesmo foi roubado, comunique de imediato ao seu banco.

Agora que já compreendeu como pode usar um cartão de crédito de forma segura e consciente, poderá começar a tirar o máximo proveito da sua utilização.

Para além dos cuidados de segurança, garanta uma utilização consciente do seu cartão de crédito para evitar a acumulação de encargos com juros e comissões.

Ler mais
Relacionadas

Há 5 operações possíveis com cartão de crédito que facilitam a sua vida. Saiba quais

Para além do pagamentos de bens e serviços, o cartão de crédito pode ser útil em muitas outras situações. Descubra tudo sobre o tema neste artigo.

Usa cartão de crédito? Saiba se deve optar pelo pagamento mínimo

Nas diversas modalidades de pagamento de um cartão de crédito, o pagamento mínimo é uma delas. Descubra em que consiste e se compensa reembolsar a dívida desta forma.

Ficou com o cartão multibanco retido no ATM? Saiba o que fazer

São muitos os portugueses que já viram o seu cartão multibanco retido no ATM e instintivamente ligaram para o seu banco para cancelá-lo. No entanto, nem sempre existe necessidade de anular o cartão, havendo algumas situações que deve conhecer para saber como proceder. Descubra quais são.

Pagamentos com cartão contactless: quão seguros são?

O Banco de Portugal acaba de revelar que os consumidores vão poder continuar a utilizar a tecnologia contactless para efetuar pagamentos presenciais até 50 euros sem introduzir o PIN. Mas será algo seguro? Descubra mais sobre o tema neste artigo.

Como funciona a tecnologia EMV que protege o seu cartão de fraudes?

A EMV é uma tecnologia pensada para dificultar atividades ilícitas com o cartão de débito ou de crédito. Descubra como funciona e que outras formas há de prevenir e assegurar que não é prejudicado financeiramente por fraudes com o seu cartão.

Há 7 pontos a analisar ao escolher um cartão de crédito. Saiba quais são

Para quem nunca teve um cartão de crédito, escolher o primeiro pode tornar-se difícil, uma vez que existem quase 100 cartões de crédito disponíveis em Portugal e os benefícios associados a cada um são inúmeros. Descubra tudo neste artigo.
Recomendadas

Fim das moratórias: E agora?

Com o fim das mesmas, muitas famílias vão ser chamadas a voltar aos valores originais, embora possam não ter recuperado os rendimentos nas mesmas proporções. E agora o que fazer? Leia os conselhos de João Morais Barbosa, administrador Reorganiza.

Saiba como ter uma condução mais amiga do ambiente

Optar por transportes públicos é uma das soluções amiga do ambiente, mas se o consumidor não tiver condições para os utilizar, pode sempre adotar uma condução mais eficiente, com menos acelerações e travagens bruscas ou excessos de velocidade.

Portugueses vão ser reembolsados de parte do IVA em novas compras em restaurantes ou hotéis

Em causa está um novo programa de apoio à procura para os setores do turismo e restauração, que constará na proposta de Orçamento do Estado para 2021, segundo o primeiro-ministro.
Comentários