Vanguard Properties investe 750 mil euros na construção de uma capela no Muda Reserve

O investimento, segundo o CEO da promotora imobiliária, José Cardoso Botelho, é de 600 mil euros na construção ao qual acresce o valor do terreno e as infraestruturas “devendo totalizar cerca de 750 mil euros”.

A Vanguard Properties vai construir um capela no projeto Muda Reserve, na Comporta. O investimento, segundo o CEO da promotora imobiliária, José Cardoso Botelho, é de 600 mil euros na construção ao qual acresce o valor do terreno e as infraestruturas “devendo totalizar cerca de 750 mil euros”.

Dando seguimento à sua política de responsabilidade social e de integração das populações locais, a Vanguard Properties “dá um passo pouco comum na área da promoção imobiliária ao decidir incluir, construir e oferecer uma Capela no plano de pormenor do Muda Reserve”, refere o comunicado enviado pela empresa.

A Muda Reserve é um empreendimento rural na Comporta, inspirado pela arquitetura local do Alentejo, que está a ser levado a cabo pela empresa de Claude Berda.

Recorde-se que o consórcio formado pela Vanguard Properties e pela Amorim Luxury é também o dono dos ativos turísticos que pertenciam ao Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado da Herdade da Comporta – o Comporta Links e o Comporta Dunes, que abrangem 916 hectares.

Estes ativos, denominados Comporta Dunes e Comporta Links, totalizam cerca de 1.380 hectares de área de desenvolvimento e floresta.

Na Muda Reserve a Vanguard decidiu oferecer à comunidade católica uma capela. “O local de culto, doado para usufruto da população local, visitantes e futuros residentes do projeto, representa um investimento de 750 mil euros que inclui terreno, infraestrutura, construção e interiores”, diz a Vanguard.

A obra foi desenhada pelo gabinete Saraiva & Associados, responsável pela restante arquitetura daquele que é o primeiro projeto da Vanguard Properties na Comporta. A sua construção deverá começar já no próximo ano, estando a conclusão prevista para 2022.

“A capela situada no centro da futura aldeia da Muda apresenta-se numa linguagem despojada em que é privilegiada a luz, as cores e os materiais locais. De forma retangular, com um corte ao longo do de todo o volume por onde entra a luz, tem como cor predominante o branco num todo em que sobressai o mobiliário em madeira de pinho e os únicos elementos decorativos – um painel recortado com motivos geométricos em aço corton no exterior e um painel em azulejo português que reveste o teto”, descreve a Vanguard.

Ler mais
Recomendadas

Bruxelas dá ‘luz verde’ à venda da Brisa a consórcio internacional

A DG Comp aprovou a venda da Brisa ao consórcio formado pelo holandeses APG, pelos coreanos NPS e pelos suíços da SLAM. Grupo José de Mello continua com uma posição de 17%.

CTT faz parceria com startup Offcoustic para instalar cabines telefónicas em escritórios

O operador postal é responsável pela venda, transporte e montagem de “phone booths” nas empresas que estão a retomar a sua atividade presencial.

Sonae notifica Concorrência do controlo exclusivo de um conjunto de ativos do BNP Paribas

A aquisição do controlo exclusivo inclui ainda um conjunto de apólices de seguro mediadas pelo BNP PF e ativos acessórios, associados ao Cartão Universo, resultante de uma parceria criada pelo grupo Sonae e o BNP Paribas Personal Finance.
Comentários