Vanguard Properties investe 750 mil euros na construção de uma capela no Muda Reserve

O investimento, segundo o CEO da promotora imobiliária, José Cardoso Botelho, é de 600 mil euros na construção ao qual acresce o valor do terreno e as infraestruturas “devendo totalizar cerca de 750 mil euros”.

A Vanguard Properties vai construir um capela no projeto Muda Reserve, na Comporta. O investimento, segundo o CEO da promotora imobiliária, José Cardoso Botelho, é de 600 mil euros na construção ao qual acresce o valor do terreno e as infraestruturas “devendo totalizar cerca de 750 mil euros”.

Dando seguimento à sua política de responsabilidade social e de integração das populações locais, a Vanguard Properties “dá um passo pouco comum na área da promoção imobiliária ao decidir incluir, construir e oferecer uma Capela no plano de pormenor do Muda Reserve”, refere o comunicado enviado pela empresa.

A Muda Reserve é um empreendimento rural na Comporta, inspirado pela arquitetura local do Alentejo, que está a ser levado a cabo pela empresa de Claude Berda.

Recorde-se que o consórcio formado pela Vanguard Properties e pela Amorim Luxury é também o dono dos ativos turísticos que pertenciam ao Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado da Herdade da Comporta – o Comporta Links e o Comporta Dunes, que abrangem 916 hectares.

Estes ativos, denominados Comporta Dunes e Comporta Links, totalizam cerca de 1.380 hectares de área de desenvolvimento e floresta.

Na Muda Reserve a Vanguard decidiu oferecer à comunidade católica uma capela. “O local de culto, doado para usufruto da população local, visitantes e futuros residentes do projeto, representa um investimento de 750 mil euros que inclui terreno, infraestrutura, construção e interiores”, diz a Vanguard.

A obra foi desenhada pelo gabinete Saraiva & Associados, responsável pela restante arquitetura daquele que é o primeiro projeto da Vanguard Properties na Comporta. A sua construção deverá começar já no próximo ano, estando a conclusão prevista para 2022.

“A capela situada no centro da futura aldeia da Muda apresenta-se numa linguagem despojada em que é privilegiada a luz, as cores e os materiais locais. De forma retangular, com um corte ao longo do de todo o volume por onde entra a luz, tem como cor predominante o branco num todo em que sobressai o mobiliário em madeira de pinho e os únicos elementos decorativos – um painel recortado com motivos geométricos em aço corton no exterior e um painel em azulejo português que reveste o teto”, descreve a Vanguard.

Ler mais
Recomendadas

Banco de Fomento lança duas novas linhas de apoio à economia no valor de 1.100 milhões de euros

Banco Português de Fomento abre esta segunda-feira as candidaturas para as novas linhas de crédito. A linha de apoio para as empresas exportadoras da indústria e do turismo tem uma dotação global de 1.050 milhões de euros, enquanto a linha de apoio às empresas de montagem de eventos tem uma dotação de 50 milhões de euros.

PremiumCompal vende 70 milhões de litros de sumos com Centro de Frutologia

Miguel Garcia, diretor de marketing da empresa, realça o papel do centro na promoção da fruta nacional e no acesso a 20 mil toneladas anuais.

Honda suspende produção no Reino Unido por falta de fornecimentos

De acordo com o Sunday Times, citado pela agência Efe, a Jaguar Land Rover, a Nissan e a Vauxhall também se estão a ver obrigadas a cortar na sua atividade devido à falta de pessoal por causa da covid-19, assim como pelo congestionamento nos portos britânicos associado à pandemia e ao ‘Brexit’ (saída do Reino Unido da União Europeia).
Comentários