Variante Delta corresponde a 98,6% dos casos em Portugal (com áudio)

Médico do Instituto Nacional Ricardo Jorge adiantou que não há muito mais para descobrir deste vírus no que diz respeito a novas mutações, mas há novas combinações de mutações. “A vacina tem sido eficaz com todas as mutações”, referiu.

Sessão do Infarmed COvid-19

A variante Delta do novo coronavírus tem atualmente uma prevalência de 98,6% em Portugal. A informação foi avançada na reunião no Infarmed que decorre esta terça-feira, 27 de julho, pelo microbiologista João Paulo Gomes, do Instituto Nacional Ricardo Jorge.

“A variante Delta espalhou-se muito rapidamente por todo o país, que está em todas as regiões com uma prevalência superior a 95%. É uma variante muito mais transmissível e com mais cadeias de transmissão. Não há muito mais para descobrir deste vírus no que diz respeito a novas mutações, mas há novas combinações de mutações. A vacina tem sido eficaz com todas as mutações”, afirmou.

O microbiologista adiantou que atualmente já foram detetados três casos da variante Delta plus no mês de julho e apenas dois casos da variante Lambda, um em abril e outro em junho. Esta variante apresenta ligações nas regiões do Perú e Chile, mas não tem qualquer expressão em Portugal.

“A maior parte dos países da União Europeia já tem a variante Delta como dominante. A curto prazo e no presente cenário esperam-nos novas combinações de mutações que naturalmente serão sempre de preocupação, não ao nível de causarem mais infeções, porque a vacina está a ser comprovadamente a ser eficaz em todo o mundo onde ela está a ser administrada. Mas preocupação em termos de apenas os vírus que consigam lidar melhor com o nosso sistema imunitário serão aqueles que começaram a circular na nossa população”, explicou João Paulo Gomes.

Relacionadas
Sessão COvid-19 no Infarmed

Algarve e Lisboa e Vale do Tejo em fase de diminuição da incidência, diz DGS

A informação foi avançada por André Peralta Santos na reunião no Infarmed que decorre esta terça-feira. Responsável adiantou contudo, que esta tendência nas duas regiões tem de ser confirmada com a evolução da situação epidemiológica nesta semana.
Sessão do Infarmed COvid-19

Peritos reúnem-se hoje no Infarmed com alívio de restrições em cima da mesa (com áudio)

O Governo tem remetido decisões sobre um alívio nas restrições para depois da reunião do Infarmed, sendo esperado que avance com novidades no Conselho de Ministros desta quinta-feira. 
Recomendadas

Farmácias fazem “tudo o que é humanamente possível” face à procura de testes

Segundo disse Ema Paulino à Lusa, na terça-feira as farmácias portuguesas realizaram 47.500 testes de antigénio, quando na sexta-feira anterior foram feitos cerca de 30.500 despistes do coronavírus.

Já foram multados 152 passageiros e 10 companhias nas fronteiras aéreas por falta de teste

Os dados do MAI avançam também que pelo menos 10 companhias aéreas foram multadas por terem transportado passageiros sem teste negativo à covid-19 ou certificado de recuperação, condições obrigatórias desde quarta-feira para entrar em Portugal continental através das fronteiras aéreas.

Câmara de Lisboa diz que ministra da Saúde tem de “pôr ordem” na vacinação

“A ministra tem de pôr a casa em ordem, tem de pôr os serviços de saúde em ordem e a funcionarem bem, coisa que não está a acontecer”, disse Ângelo Pereira, à margem de uma iniciativa a propósito do Dia Internacional de Pessoa com Deficiência.
Comentários