Vivem mais 400 mil estrangeiros em Portugal. Número duplicou em duas décadas

Os brasileiros são a comunidade estrangeira mais representativa em Portugal: 20%. Seguem-se os cabo-verdianos, ucranianos, romenos, chineses e ingleses.

Ler mais

Há hoje em Portugal mais de 420 mil estrangeiros e se até ao ano 2000, a população estrangeira em Portugal nunca representou mais do que 2% da população total residente, em 2017, já representava cerca de 4%, sendo que o grande salto ocorreu em 2001, segundo apurou a Pordata, projeto da Fundação Francisco Manuel dos Santos, na mais recente análise estatística sobre a população portuguesa.

A população estrangeira com estatuto legal de residente em Portugal aumentou nos últimos dois anos (2016 e 2017) depois de um decréscimo continuado desde 2010 (inclusive). Ainda assim, são menos cerca de 35 mil estrangeiros em relação ao valor de 2009 (451.742), o mais alto das últimas décadas.

Os brasileiros são a comunidade estrangeira mais representativa em Portugal: 20%. Seguem-se os cabo-verdianos, ucranianos, romenos, chineses e ingleses. Estas seis nacionalidades correspondem a mais de metade da população estrangeira com estatuto legal de residente em Portugal (54,3%).

Foi ainda apurado que cerca de 1 em cada 5 estrangeiros residentes (19%) são dos países de língua oficial portuguesa. Em 1980, estes representavam cerca de metade dos estrangeiros residentes em Portugal (48%), destacando-se os cabo-verdianos (41,4%).

Esta análise detalha ainda que os estrangeiros foram sempre maioritariamente homens mas, desde 2012, essa situação  inverteu-se e as mulheres representam hoje 51,1% da população estrangeira.  

Ainda assim, e especificamente no plano europeu (UE28), Portugal é o 8.º país com mais baixas percentagens de estrangeiros residentes: representam cerca de 4% do total da população residente de Portugal. O país com maior percentagens de estrangeiros residentes é o Luxemburgo (48%) e os menores são:  Polónia, Roménia e Lituânia (menos que 1%).

Recomendadas

Tarifa social da água: municípios sem regras uniformes, alerta Deco

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor fez as contas e concluiu que a tarifa social da água, saneamento e resíduos não é igualmente distribuída pelos cidadãos: 99 em 383 câmaras não a aplicam em nenhum serviço. Mas mesmo entre as que a adotam, existem incongruências nos critérios, alerta a Deco.

Conheça as dicas do Portal da Queixa para comprar online de forma segura

Esteja sempre atento ao extrato do seu banco para confirmar se os valores debitados correspondem ao valor que gastou nas suas compras online.

Vai ter uma apresentação importante? Saiba como criar slideshows rapidamente

O Slideshow Maker da Wondershare permite-lhe juntar fotos, ordená-las, editá-las (rodar, reenquadrar e aplicar efeitos “á lá Instagram”).
Comentários