Voo da China para os EUA usa azeite reciclado como combustível

Este combustível permitirá reduzir entre 50% a 80% as emissões de CO2 quando comparado com os combustíveis tradicionais.

Um avião da chinesa Hainan Airlines voou entre Pequim e Chicago utilizando um biocombustível produzido a partir de azeite reciclado.

Em 2015, a mesma companhia aérea tinha já realizado um voo comercial utilizando um biocombustível feito a partir de “óleo de sarjeta”, o nome dado na China ao óleo de cozinha já utilizado, tendo para isso recorrido a “óleo de cozinha recolhido nos restaurantes da China”.

No ano imediatamente anterior, a finlandesa Finnair fizera o mesmo num voo entre Helsínquia e Nova Iorque.

Este método utilizado, segundo o portal de notícias de turismo Hosteltur, permite reduzir entre 50% a 80% as emissões de CO2 quando comparado com os combustíveis tradicionais.

Os seus custos, no entanto, são ainda demasiado elevados para que a sua utilização se possa tornar regular.

Recomendadas

“Elaborámos um pacote que não é reivindicativo, mas é reivindicador”, afirma líder da CAP

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) falou na apresentação do ‘Ambição Agro 2020-30’, o plano de recuperação da atividade económica nacional da CAP que decorre esta quinta-feira no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Portugal regista mais 691 casos e três mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

As autoridades sanitárias contabilizaram mais 386 altas nas últimas 24 horas, elevando para 46.676 o número total de pessoas livres do vírus.

Estado de Contingência alargado até 14 de outubro

O Estado de Contingência atual terminaria no final de setembro, indo agora durar mais 15 dias.
Comentários