Wall Street abre em alta com otimismo dos lucros das empresas americanas

Na abertura da sessão desta sexta-feira, o S&P 500 sobe 0,24%, para 3.324,67 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 0,20%, para 9.376,21 pontos e o industrial Dow Jones cresce 0,16%, para 29.344,28 pontos.

Reuters

A Bolsa de Nova Iorque abriu a sessão desta sexta-feira, impulsionada pelo otimismo em relação aos lucros das empresas, dados económicos otimistas e indicações de resiliência na economia da China e seguindo o movimento das suas congéneres europeias depois de na sessão de ontem terem fechado em máximos históricos.

Na abertura da sessão desta sexta-feira, o S&P 500 sobe 0,24%, para 3.324,67 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 0,20%, para 9.376,21 pontos e o industrial Dow Jones cresce 0,16%, para 29.344,28 pontos.

Destaque para a valorização da Fastenal, fornecedora de peças para fábricas e empresas de construção registou um aumento homólogo de 3,7% nas vendas líquidas do terceiro trimestre, para 1,28 mil milhões de dólares, ritmo praticamente em linha com o previsto.

Por sua vez, a CSX, empresa de transporte ferroviário prevê para 2020 um decréscimo de até 2% nas receitas, o que em termos de ponto médio do seu intervalo de projeção é mais agravado que o antecipado pelo mercado (-0,2%).

Recomendadas

Europa no vermelho após discurso de Powell. PSI 20 penalizado por quebras do BCP e Galp

O principal índice bolsista português arrancou a sessão desta quinta-feira a perder 0,54%, para 4.065,64 pontos.

Topo da agenda: o que vai marcar a atualidade esta quinta-feira

O grande destaque do dia vai para a Cimeira extraordinária convocada no mês de agosto pelo presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, que será realizada em Bruxelas com os diversos líderes europeus.

Desaceleração da economia nos EUA provoca fortes quedas em Wall Street

O Dow Jones caiu 1,92% para 26.764,25 pontos, o S&P 50 quebrou 2,37% para 3.236,99 pontos, e o Nasdaq recuou 3,02% para 10.632,99 pontos.
Comentários