Wall Street animada fecha no verde

A Boeing prepara uma actualização do software de voo do 737 MAX e isso fez as ações da Boeing subirem 1,51%.

Brendan McDermid / Reuters

Wall Street sobe, mais uma vez liderada pelo índice de tecnologia Nasdaq (+0,76%) tendo fechado nos 7.688,5 pontos, após subir 3,8% na semana. O S&P 500 avançou 0,5% e também registou um máximo do ano ao atingir os 2.822,5 pontos (+0,50%), após recuar 2,9% na semana. Já o Dow Jones subiu 0,54%, para fechar nos 25.849 pontos, após a Boeing (+1,5%) ter recuperado.

A Boeing prepara uma actualização do software de voo do 737 MAX e isso fez as ações da Boeing subirem 1,51%.

O otimismo regressou ao setor tecnológico nos EUA e isso reflete-se desde logo nas fabricantes de semicondutores.

Nas empresas também se destacou a Tesla (-5%), que anunciou na quinta-feira o seu modelo Y, um novo veículo elétrico crossover SUV com um preço inicial de 47.000 dólares que no entanto não impressionou os analistas. Mas também a rede social Facebook que perdeu 2,5% na sessão.

Os investidores descontaram a renovada esperança de que os Estados Unidos e a China cheguem em breve a um acordo comercial.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que espera notícias sobre um acordo comercial com a China dentro de três ou quatro semanas. O líder também elogiou os negociadores chineses e sexta-feira também foi conhecido que o vice-ministro chinês Liu He, falou por telefone com o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, e com o Representante de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer. As duas partes fizeram progressos substanciais nas negociações comerciais.

Em termos macroeconómicos, a produção Industrial nos EUA abranda pelo terceiro mês consecutivo. A expansão homóloga de 3,54% em fevereiro traduz o ritmo mais baixo desde junho de 2018 e uma nova perda de momentum depois dos 3,86% de crescimento em janeiro.

Já a confiança dos Consumidores sobe em março. O valor preliminar do índice de confiança medido pela U.Michigan aponta para uma subida, ao passar de 93,8 para 97,8, quando os analistas estimavam 95,6.

O petróleo cai no mercado de futuros. O crude West Texas baixa 0,15% para 58,52 dólares o barril, e o Brent em Londres também em terreno negativo desce 0,31% para 67,02 dólares.

Ler mais
Recomendadas

João Sousa Gião reeleito Presidente do Comité Permanente de Convergência de Supervisão da ESMA

“A reeleição de João Sousa Gião consolida a presença internacional da CMVM, em linha com as metas traçadas pelo seu Conselho de Administração, que se focam na otimização do desempenho da organização também através da participação ativa em debates e decisões nos fora internacionais com impacto no enquadramento interno e externo e na promoção de uma maior visibilidade ao mercado nacional”, diz a CMVM.

PSI 20 fecha no ‘verde’ mas longe das congéneres europeias

Apesar de ter encerrado a segunda sessão da semana em território positivo, o PSI 20 ficou aquém do desempenho registado nas congéneres europeias.

Tesla e novos serviços da Apple dão energia a Wall Street

Depois de uma sexta-feira negra e de encerrar sem tendência esta segunda-feira, Wall Street voltou aos ganhos, impulsionada pela tecnologia. A Apple e a Tesla estão a registar um desempenho positivo.
Comentários