Madeira Opinião

A “nova” loja

Há momentos em que devemos reflectir, e pensar que pequenos valores que despendemos acabam por ter efeitos muito mais positivos (ou negativos) em pequenas economias como esta.

Imaginem! Desafiem, a vossa mente!

Sermos capazes de “dar asas à imaginação” é fundamental, se queremos que o mundo avance, não só em termos culturais ou até sociais, mas particularmente a nível económico e organizacional. Sem os “criadores de ideias”, aqueles que imaginam o que ainda não existe, e sem as suas ideias, muitas vezes vistas como estranhas, consideradas “não funcionais” ou até impossíveis de alcançar, estaríamos parados no tempo.

Cultura em tempos de engate

Persiste a falta de dotação financeira dos museus e de maior autonomia na gestão e programação. Persistem as necessidades veementes de conservação e restauro dos acervos e coleções e da dotação de mais recursos humanos, com a devida formação técnica especializada.

RIO é Mau, Vote no RIO!

O que ninguém imaginava, nem os mais descrentes,  é que o consulado -Rio seria “isto”. Uma guerra civil permanente, com o grupo parlamentar, com as concelhias, mas também com os “seus”, a própria direção e secretariado-geral, com inúmeras demissões e afastamentos.

A política em Portugal: No que é que nos tornamos e para onde caminhamos?

Abstractamente, a política deveria ser um acto de abnegação, ou seja, a classe política deveria ser composta por um conjunto de indivíduos que, de forma livre e desinteressada, dedicam a sua vida a servir o povo Português e a melhorar a vida dos cidadãos, sendo esta a génese do que deveria ser o exercício de cargos públicos – saber servir e fazê-lo de forma desinteressada e acima de tudo em prol do bem público (de todos nós).

A que estado chegou o Estado?

A primeira característica do nosso sistema fiscal é a sua complexidade. Aí mora o 1.º grande incentivo dado pelo Estado: estar quieto, ganhar pouco, não inovar nem inventar. Quem se mexe, trabalha fora da caixa, inova, poupa e investe, enfrenta uma aberração burocrática e legislativa.
Ver mais artigos