“A Caminho da Casa Branca”: Trump de volta aos comícios e o debate que não existiu. JE analisa corrida presidencial

A corrida presidencial nos EUA está ao rubro e o “Jornal Económico”, através do jornalista António Freitas de Sousa, vai analisar todas as incidências de uma eleição que se prevê muito disputada, numa semana marcada pelo regresso de Trump aos comício mesmo sem que se conhece qualquer teste negativo.

O republicano Donald Trump ou o democrata Joe Biden: quem está melhor posicionado para chegar à presidência dos EUA?

A corrida presidencial nos EUA está ao rubro e o “Jornal Económico”, através do jornalista António Freitas de Sousa, vai analisar todas as incidências de uma eleição que se prevê muito disputada.

A semana foi marcada pelo regresso de Donald Trump aos comícios com declarações muito polémicas sobre a sua alegada imunidade. Destaque também para o debate que estava marcado para esta semana e que acabou por não acontecer.

Quem ganha e quem perde com a não realização do segundo mandato?

Relacionadas

“A Caminho da Casa Branca”: Da infeção de Trump ao debate dos vices. JE analisa corrida presidencial

A corrida presidencial nos EUA está ao rubro e a partir desta sexta-feira, 2 de outubro, o “Jornal Económico”, através do jornalista António Freitas de Sousa, vai analisar todas as incidências de uma eleição que se prevê muito disputada e numa semana marcada pela infeção de Donald Trump por Covid-19 e pelo debate entre vices: Mike Pence e Kamala Harris.

“A Caminho da Casa Branca”: Do primeiro debate à agenda extremista. JE analisa corrida presidencial

A corrida presidencial nos EUA está ao rubro e a partir desta sexta-feira, 2 de outubro, o “Jornal Económico”, através do jornalista António Freitas de Sousa, vai analisar todas as incidências de uma eleição que se prevê muito disputada e numa semana marcada pelo primeiro debate entre Donald Trump e Joe Biden.
Recomendadas

Trump pressionou investigadora a encontrar “a resposta certa” relativamente a suposta fraude eleitoral no estado da Geórgia

Numa chamada telefónica efetuada em dezembro, mas agora divulgada pelo Wall Street Journal, Trump pode ser ouvido a garantir à principal investigadora do gabinete da secretaria de Estado da Geórgia que esta seria “elogiada” caso encontrasse “a resposta certa” que provasse as suas insinuações de fraude. A chamada será agora analisada em duas investigações separadas, uma delas de natureza criminal.

Democratas dizem que ‘impeachment’ de Trump serve para garantir que “nenhum futuro presidente” volte a apelar à violência

Recorrendo a relatos policiais, de funcionários do Capitólio e a notícias de imprensa estrangeira, os democratas alegaam que Donald Trump foi o responsável pela invasão do Capitólio, tendo provocado danos políticos e sociais de longo prazo.

PremiumJoe Biden: Prioridades para lidar com a herança caótica dos Estados Unidos

Depois do veemente apelo à unidade face à grande perturbação que não acabou por Donald Trump sair da Casa Branca, o novo presidente tem tremendos desafios pela frente, tanto interna como externamente. Nenhum é de solução rápida e é por isso que Joe Biden tem de contar com todos – daí o apelo deixado no discurso de tomada de posse. A convergência entre democratas e republicanos é uma condição prévia, pelo menos no que diz respeito a alguns dossiês.
Comentários