Abandono escolar atinge “mínimo histórico” em 2018

O abandono escolar atingiu, no ano passado, o valor mais baixo de sempre, tendo descido de 12,6% em 2017 para 11,8%, segundo dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística.

O abandono escolar atingiu, no ano passado, o valor mais baixo de sempre, tendo descido de 12,6% em 2017 para 11,8%, segundo dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em 2011, mais de um em cada cinco jovens abandonavam a escola antes de terminar os estudos (23%), segundo os dados disponibilizados pelo INE. Em sete anos verificou-se uma redução de mais de dez pontos percentuais.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Ministério da Educação congratula-se com este valor, referindo que foi alcançado um “mínimo histórico”, mas sublinhando que o trabalhcolao do ministério não estará acabado “enquanto houver jovens que abandonam a escolaridade obrigatória”.

Relacionadas

OCDE ‘olha’ para as escolas portuguesas: Aprendizagem e taxa de adesão é quase universal

A OCDE divulgou um estudo sobre o uso de recursos escolares em Portugal. As crianças portuguesas têm vindo a ter oportunidades de aprendizagem cada vez melhores nos últimos vinte anos, a frequência da escola é atualmente quase universal e as taxas de abandono escolar diminuíram drasticamente.

Segundo ciclo tem impacto na “cultura” do chumbo? Ministro da Educação discorda

Relatório Estado da Educação 2017, divulgado hoje pelo CNE, alerta para as dificuldades dos alunos nos anos de transição, apontando o dedo para o 2.º ciclo, que é composto por “um ano para entrar e outro para sair”. Tiago Brandão Rodrigues discorda.
Recomendadas

Respostas Rápidas: É cliente da Caixa Geral de Depósitos? Saiba o que muda a partir de maio de 2019

Em 2019, os clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD) vão sentir alterações nas comissões. A partir do dia 1 de maio, o banco público vai alterar as comissões em quatro produtos ou serviços que disponibiliza aos seus clientes.

BdP: Portugueses contraíram 58 mil créditos ao consumo em dezembro

Só o número de contratos de crédito concedido por via de cartões de crédito e descoberto diminuiu, segundo os dados do Banco de Portugal.

GNR encontrou mais de 400 condutores em excesso de velocidade só na quarta-feira

A Guarda Nacional Republicana adianta que fiscalizou anteontem diversos peões e 3.487 condutores, tendo detetado, em 24 horas, 1.200 infrações em estradas nacionais, municipais e arruamentos no interior de localidades de todo o país.
Comentários