Alberto II: de apreciador a confrade do Vinho Madeira

Príncipe Alberto II do Mónaco foi entronizado confrade do Vinho Madeira esta sexta-feira, declarando-se apreciador do vinho tal como o seu pai e o tetravô.

O Príncipe Alberto II do Mónaco foi entronizado confrade do Vinho Madeira esta sexta-feira, altura em que recordou a longa relação da família real do Mónaco com o Vinho Madeira, um produto muito apreciado pelo seu pai e tetravô.

“Sempre vi garrafas de Vinho Madeira na nossa adega, no palácio no Mónaco (..) o meu pai era grande apreciador e o meu tetravó também”, referiu o príncipe, aludindo às viagens do tetravô, um reputado oceanógrafo do século XIX e XX que realizou várias expedições oceanográficas nas águas da Madeira.

Declarando-se “honrado” com o convite do Governo Regional da Madeira para pertencer à Confraria, Alberto II do Mónaco destacou a importância de dar a conhecer o Vinho Madeira no Mundo, quer pela sua excelência e qualidade, quer pelo testemunho da identidade regional.

A cerimónia de entronização do príncipe decorreu ao final da tarde no Instituto do Vinho, Bordado e Artesanato da Madeira e contou com a presença de cerca de quatro dezenas de confrades e diversos convidados de honra.

Recomendadas

Concurso do Novo Hospital lançado para a próxima semana, garante Albuquerque

O governante assegurou que ao contrário do que o Governo Central pensava o concurso vai ser mesmo lançado e a obra executada “quer queiram quer não”.

Governo da Madeira fecha contrato-programa com ARDITI para desenvolvimento da ciência e tecnologia

O executivo madeirense celebrou ainda 27 contratos-programa no âmbito do Plano Regional de Apoio ao Desporto.

Madeira: Volume de negócios das empresas no valor mais elevado dos últimos nove anos

O valor diz respeito aos serviços prestados às empresas que chegou em 2017 aos 218 milhões de euros. O volume de negócio por pessoa empregado ficou nos 47 milhões de euros enquanto que os custos atingiram os 16 milhões de euros.
Comentários