Alemanha: Líder do SPD apresenta demissão

O motivo da demissão prende-se com o facto da líder do SPD sentir que “não tem o devido suporte para cumprir com as suas obrigações”.

A líder do SPD, Andrea Nahles, vai apresentar a sua demissão e abdicar ainda da liderança do seu grupo parlamentar, referindo que “não possui o apoio que precisa” para o liderar, avança a Reuters.

“As discussões com a facção parlamentar e o feedback dentro do partido mostraram-me que eu não tenho o devido suporte para cumprir com as minhas obrigações”, disse Andrea Nahles, em comunicado, citada pela agência noticiosa.

A oficialização, diz a agência noticiosa, da demissão da liderança do partido deve ocorrer na segunda, e a de líder do gripo parlamentar deve acontecer na terça-feira.

De referir que o SPD teve 15% dos votos nas eleições europeias, atrás da CDU/CSU com 28% e dos Verdes com 20%.

Recomendadas

PSD quer reuniões quinzenais sobre situação epidemiológica no país

A bancada liderada por Rui Rio, que também é o presidente do partido, sublinha que é necessário “adotar, na nova fase que se avizinha, um novo modelo” que dê privilégio à “função parlamentar na defesa da saúde pública”.

Parlamento “chumba” candidatos a quatro órgãos, incluindo fiscais das “secretas”

O parlamento chumbou esta sexta-feira os candidatos ao Conselho Superior de Defesa Nacional, Conselhos de Fiscalização do SIRP e do Sistema Integrado de Informação Criminal e Conselho Superior de Informações.

Eurodeputados pedem inquérito da Autoridade Bancária Europeia ao ‘Luanda Leaks’

Os parlamentares instam também as autoridades nacionais a iniciarem as investigações sobre as revelações do caso ‘Luanda Leaks’ e a intentarem ações contra as partes interessadas que violem as normas em matéria de luta contra o branqueamento de capitais.
Comentários