Altri e Semapa disparam PSI 20 no fecho da sessão. Negociação China-EUA anima Europa

Praça lisboeta encerrou a sessão desta quinta-feira com uma subida de 0,48% para 4.944,46 pontos, seguindo a tendência das congéneres europeias.

O principal índice bolsista português, PSI 20, fechou a sessão desta quinta-feira a valorizar 0,48%, para 4.944,46 pontos, seguindo a tendência das congéneres europeias que terminaram a sessão a negociar em terreno positivo.

Das principais cotadas portuguesas, destaque para a Altri que dispara 3,51%, para 5,31 euros, a Semapa que valoriza 3,32%, para 11,84 euros, a Navigator que sobe 1,95% para 3,14 euros. Também a EDP Renováveis cresce 2,42%, para 9,74 euros e o BCP, sobe 0,58%, para 0,19 euros.

Das cotadas nacionais a negociarem no ‘vermelho’ neste fecho de sessão destacaram-se a Ibersol, que desce 1,75%, para 7,88 euros, a EDP que cai 0,50%, para 3,59 euros e a F. Ramada que desvaloriza 0,33%, para 6,06 euros.

Na Europa as cotadas fecharam a sessão a negociarem no ‘verde’, motivados pelo “tweet de Trump a confirmar o encontro com Liu He, vice primeiro-ministro chinês, amanhã, mostrando que a guerra comercial é o tema do momento. Quanto ao Brexit, os líderes britânico e irlandês acreditam ser possível chegar a um acordo capaz de evitar uma saída desordenada do Reino Unido da União Europeia, o que fez disparar a libra face a moedas como o euro ou o dólar”, refere Ramiro Loureiro, analista de mercados do Millenium investment banking.

Na Alemanha, o DAX cresce 0,62%, no Reino Unido, o FTSE 100 sobe 0,28%, o francês CAC 40 valoriza 1,27%, o holandês AEX cresce 0,46%. Em Espanha, o IBEX35 valoriza 1,20% e o italiano FTSE MIB sobe 0,99%.

A cotação do barril de Brent valoriza 0,72%, com valor de 58,74 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresce 1,24%, para 53,24 dólares por barril.

No mercado cambial o euro valoriza 0,41%, para 1,10 dólares.

Ler mais

Recomendadas

PSI 20 perde fulgor e negoceia em baixa. Galp, BCP e Jerónimo Martins pressionam bolsa

O sentimento do mercado está a ser marcado pelos novos confinamentos decretados em França e na Alemanha que terão consequências económicas.

CMVM aplica multas de 1,175 milhões entre julho e setembro

No terceiro trimestre de 2020, a CMVM proferiu decisão em seis processos de contraordenação, dos quais quatro por violação dos deveres de atuação dos auditores, dois referentes a deveres de intermediação financeira.

Bolsa portuguesa impulsionada por Jerónimo Martins, EDP e EDP Renováveis

O PSI 20 acompanha o sentimento otimista das principais praças europeias.
Comentários