Amarante tem nova identidade visual

‘Natureza Criativa’. Assim se chama a nova identidade daquela que era até agora a ‘princesa do Tâmega’. Captar investimento e atrair turismo são duas das opções estratégicas.

DR

O Município de Amarante tem uma nova identidade visual, com a qual pretende reposicionar-se como uma região de atração de turismo e de captação de investimento. Desenvolvida pela Ivity Brand Corp, a nova identidade servirá, para o presidente da câmara, José Luís Gaspar, para “aumentar a visibilidade da marca através de um enquadramento de riquezas identitárias, alinhando os seus valores profundos com a necessidade de se posicionar, nacional e internacionalmente, no mapa global dos municípios portugueses. Assim o impõe um quadro económico competitivo, onde as marcas territoriais assumem particular importância na valorização dos Municípios e, em particular, no impacto que isso tem na economia local e no bem-estar dos cidadãos”.

A nova marca Amarante terá uma campanha de promoção no grande Porto, através do Turismo do Porto e Norte de Portugal, incluindo no Aeroporto Sá Carneiro e no Porto Welcome Center na Estação de S. Bento.

A partir de agora, segundo fonte oficial, a cidade de Amarante “terá vários elementos que expressam esta nova identidade, dos quais se destaca, desde logo, uma instalação de letras com 12 metros de comprimento e dois de altura, multicolores, colocadas, um dos principais pontos de passagem de milhares de turistas que visitam Amarante anualmente”.

Haverá ainda vários “mupis” com retratos de notáveis amarantinos como Teixeira de Pascoaes e Amadeo de Souza-Cardoso, S. Gonçalo, Eulália Macedo, Acácio Lino, António do Lago Cerqueira, Eduardo Teixeira Pinto, entre outras figuras maiores do concelho.

A sinalética da cidade também será renovada, gradualmente, e será criada uma Rota de Artistas com placas alusivas. “A nova marca de Amarante pretende contribuir para a união de pessoas, culturas e lugares. Uma ponte entre Amadeo de Souza-Cardoso, Teixeira de Pascoaes e Agustina Bessa-Luís. Entre o Sagrado e o Profano. Uma ponte de encontro entre o Tâmega e a Serra do Marão. Ponte de lendas, de cultura e intelecto, de resiliência”, refere a organização.

‘Natureza Criativa’, a assinatura da marca, “expressa a alma inquieta das várias naturezas criativas de Amarante: a expressionista, romântica, poética, casamenteira, artística, empreendedora, literária, cultural e musical”.

Ler mais
Recomendadas

“Music Relief”. Spotify quer angariar fundos para artistas

A plataforma de música por ‘streaming’ criou um projeto para doações a instituições de caridade e está a trabalhar para que os artistas consigam arranjar fundos diretamente dos fãs.

Covid-19: Livrarias podem ficar abertas durante o Estado de Emergência

Graça Fonseca garantiu à associação de editores e livreiros que os seus estabelecimentos podem manter-se em atividade desde que não permitam o acesso dos clientes ao interior.

“O Padrinho”: De 1972 para a Netflix de 2020

Vou fazer-lhe uma oferta que ele não pode recusar”. A oferta? Estamos convidados para ver “O Padrinho” na Netflix.
Comentários