Ângelo Paupério é o novo chairman da NOS

O ex Co-CEO da Sonae SGPS é o escolhido para substituir Jorge Brito Pereira que apresentou a sua demissão na semana passada devido ao processo Luanda Leaks.

Ângelo Paupério é o novo chairman da NOS. Aos 60 anos, o antigo Co-CEO da Sonae SGPS, cargo que dividia com Paulo Azevedo, é o escolhido para o ocupar o lugar deixado vago por Jorge Brito Pereira. A informação foi divulgada pela NOS em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) esta segunda-feira, 27 de janeiro.

Homem de confiança de Belmiro e de Paulo Azevedo e da família Azevedo, Ângelo Paupério acumulou décadas de experiência no grupo Sonae. Licenciado em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, começou a sua carreira profissional em 1982 na Tecnopor, transitando para a EDP em 1984, onde se manteve até 1989, ano em que entrou para a Sonae.

Em março de 2015, e após a saída de Belmiro de Azevedo de todos os órgãos sociais da Sonae, assumiu o cargo de CO-CEO do grupo, deixando este lugar quando a Claudia Azevedo passou a CEO. Ângelo Pereiro é considerado um gestor histórico da Sonae e presidente da Sonaecom.

A chegada de Ângelo Paupério a chairman da NOS, surge na sequência da demissão de Jorge Brito Pereira, que na semana passada renunciou ao cargo após o processo Luanda Leaks.

Recomendadas

Antonoaldo Neves: Quem vai pagar os prejuízos da TAP com a suspensão de 90 dias nos voos para a Venezuela?

A suspensão da TAP nos seus voos para a Venezuela representam prejuízos de pelo menos 10 milhões de euros, referiu o presidente executivo da TAP no final da conferência de imprensa de apresentação dos resultados de 2019.

Efacec assegura que “reúne todas as condições” para pagar salários e a fornecedores

Empresa afasta qualquer cenário de incumprimento, após Isabel dos Santos, que detém perto de 70% da Efacec, ter alertado hoje em comunicado de que o congelamento de contas das suas empresas se estende ao bloqueio de ordens de pagamento de salários, impostos a fornecedores e à Segurança Social.

Segunda fase da mudança da faixa da TDT arranca dia 24 de fevereiro

A segunda fase do processo de levantamento da rede TDT da faixa que será ocupada pelo 5G abrange os distritos de Évora, Beja e Setúbal.
Comentários