Bolsa de Lisboa cai numa Europa a negociar no ‘verde’. EDP Renováveis desvaloriza mais de 3%

Bolsa de Lisboa encontra-se agora a desvalorizar 0,55% para 4.934,97 pontos, demarcando-se como a única bolsa europeia no ‘vermelho’.

A bolsa de Lisboa está a perder 0,55% para 4.934,97 pontos no meio da sessão desta terça-feira, 26 de janeiro. No índice lisboeta, a EDP Renováveis surge a desvalorizar 3,27% para 23,70 euros, enquanto a Nos cai 2,24% para 2,88 euros.

Além destas duas empresas, a Pharol surge a cair 2,29% para 0,12 cêntimos, o BCP perde 0,95% para 0,11 cêntimos, a Jerónimo Martins desvaloriza 0,77% para 14,12 euros e a EDP deprecia 0,49% para 5,29 euros.

Em sentido contrário, a Ramada valoriza 2,89% para 4,63 euros, a Galp sobe 1,54% para 8,72 euros e a Semapa soma 1,27% para 8,79 euros. The Navigator está a valorizar 1,13% para 2,51 euros e a Mota-Engil sobe 0,87% para 1,39 euros.

As principais praças europeias estão hoje a negociar em terreno positivo, com Lisboa a afastar-se das restantes e a negociar no ‘vermelho’. Frankfurt surge neste meio da sessão a ganhar 1,95% para 13.909,50 pontos e Paris valoriza 1,41% para 5.549,52 pontos.

Madrid segue no ‘verde’ com um aumento de 1,20% para 7.992,00 pontos e Londres valoriza 0,84% para 1.077,5 pontos, enquanto Itália sobe 1,20% para 2.148,8 pontos.

“A maioria das bolsas europeias segue em alta a meio da manhã desta terça-feira, com DAX a liderar os ganhos, onde a Linde se mostra animada após aumento de dividendo e anúncio de um novo programa de recompra de ações próprias”, aponta Ramiro Loureio, analista de mercados do Millennium investment banking. 

“O PSI20 é a exceção aos ganhos europeus, penalizado pelas quedas de EDPR e NOS, que foi cortada por uma casa de investimento. O BCP reage negativamente após a sua unidade polaca, o Bank Millennium, ter anunciado que vai registar provisões no quarto trimestre relacionadas com o risco de crédito hipotecário em divisa estrangeira. A atenuar o impacto está a reação positiva às contas da Navigator“, afirma o analista perante o meio da sessão.

Ler mais

Recomendadas

Volatilidade nas criptomoedas. Bitcoin sobe 9% depois de ficar abaixo dos 43 mil dólares

A moeda digital atingiu o seu recorde máximo no passado dia 21 de fevereiro, tendo-se fixado em 58.350 dólares.

Wall Street abre em alta com regresso à calma nos juros soberanos

Wall Street abre assim com ganhos à medida que o mercado de títulos acalma. Nos últimos dias os juros da dívida pública disparam com medo da inflação, devido a alguns indicadores.

Patris Investimento faz stock-split das ações

Vão ser atribuídas aos acionistas três novas ações ordinárias por cada uma detida. As novas ações será negociadas em bolsa a partir de amanhã dia 2 de março. A Patris está cotada no Alternext desde 2016.
Comentários