PremiumCapgemini reforça ‘know how’ na área de engenharia

Apesar da procura acrescida em 2020, a Capgemini reporta um ano “sem disrupções”. Agora, o grupo procura com a Capgemini Engineering reforçar a sua capacidade técnica em sectores chave.

A aceleração criada pela pandemia na transformação digital das empresas leva a novas oportunidades de desenvolvimento e negócio e a necessidade de interação dos mais diversos sectores de atividade com as tecnologias de informação tornou ainda mais pertinente a aquisição da Altran por parte da Capgemini, dando origem ao novo braço do grupo francês, a Capgemini Engineering.

Apesar dos desafios que surgiram no último ano, a consultora tecnológica aproveitou a transformação em curso para alargar a sua área de atuação, incluindo maior conhecimento técnico nas áreas industriais identificadas como chave nos próximos anos num mundo que se espera seja substancialmente diferente do pré-pandemia. Nesse sentido, e fazendo uso das tecnologias inovadoras que vão ganhando uma importância acrescida nos últimos tempos, o novo managing director da Capgemini Engineering, Bruno Casadinho, explicou ao JE algumas das mudanças que surgirão.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Os caminhos da recuperação empresarial

Com a perspetiva do aumento das insolvências, vários mecanismos visam a celeridade e eficiência na recuperação de empresas.

Via extrajudicial continua sem ter interessados

O RERE foi criado como alternativa à vida judicial, mas não tem tido a adesão empresas. Associação de mediadores diz que falta informação.

BES: Pareceres atribuem prejuízos da recompra de obrigações à administração que sucedeu a Salgado

Dois pareceres juntos pela defesa de Ricardo Salgado no processo do Eurofin atribuem à gestão que lhe sucedeu a responsabilidade pelos prejuízos gerados pela recompra das obrigações BES e que levaram à sua condenação pelo supervisor.
Comentários