Carris mantém oferta de serviços com algumas exceções

Aos fins-de-semana e feriados será suspenso o serviço dos ascensores e elevador de Santa Justa, o eléctrico 24E, bem como as carreiras 716, 720, 732 e 797, considerando a existência de sobreposições com outras linhas, além das ‘Carreiras de Bairro’ com excepção da 40B.

/Twitter

A Carris irá manter a oferta de nos dias úteis inalterada durante o período de confinamento geral que hoje, dia 15 de janeiro, se iniciou em Portugal.

“Nesse sentido, durante a semana, as carreiras vão continuar a funcionar com o serviço integral de dia útil de inverno, sem qualquer alteração de oferta”, esclarece um comunicado da transportadora.

A mesma nota acrescenta que “irá proceder-se à monitorização diária de forma a manter o serviço ajustado às necessidades do quadro excecional que vivemos”.

“Ao fim-de-semana e feriados será suspenso o serviço dos ascensores e elevador de Santa Justa, o elétrico 24E, bem como as carreiras 716, 720, 732 e 797 (considerando a existência de sobreposições com outras linhas da Carris), além de serem “ainda suspensas as ‘Carreiras de Bairro’ com exceção da 40B”, conclui o referido comunicado.

Recomendadas
catarina_martins_oe_2020

Covid-19: Catarina Martins faz um apelo a Costa para que estenda já as moratórias

“Deixo aqui hoje este apelo a António Costa: não espere que seja tarde demais, não espere pelo início dos despejos e das falências. As moratórias têm de ser estendidas já”, num comício maioritariamente virtual que assinalou o encerramento da conferência autárquica online e os 22 anos do BE, que comemora no domingo a sua fundação.

TAP. Ratificação dos acordos com pilotos e tripulantes era “passo crucial”, diz o Governo

“Porque estes acordos representam um compromisso muito firme de todos com o futuro da companhia, dão ainda mais credibilidade ao plano de reestruturação que o Estado português continuará a negociar com a Comissão Europeia ao longo das próximas semanas”, sublinhou o Ministério das Infraestruras e da Habitação.

Serviços postais caem 12,4% mas tráfego de encomendas dispara 20% em 2020

Tráfego total dos serviços postais caiu 12,4% em 2020, uma quebra que “está associada aos efeitos da pandemia da Covid-19” e que foi “mais expressiva” do que o recuo verificado em 2019 (-6,7%). A pandemia terá tido “um impacto direto, negativo, de 9,8% no tráfego postal total”.
Comentários