CDS-PP: Telmo Correia eleito novo líder parlamentar por unanimidade

O deputado democrata-cristão Telmo Correia sucede a Cecília Meireles, que pôs o cargo à disposição após a eleição em Congresso do antigo líder da Juventude Popular, Francisco Rodrigues dos Santos, para a presidência do CDS-PP.

Cristina Bernardo

O deputado do CDS-PP Telmo Correia foi eleito esta terça-feira como novo líder da bancada parlamentar do partido. O democrata-cristão sucede à deputada Cecília Meireles, que pôs o cargo à disposição após a eleição em Congresso do antigo líder da Juventude Popular, Francisco Rodrigues dos Santos, para a presidência do CDS-PP.

Telmo Correia foi eleito para a liderança da bancada centrista com os cinco votos dos deputados eleitos pelo CDS-PP nas eleições legislativas de outubro. Esta será a terceira vez que Telmo Correia vai assumir as funções de líder parlamentar, depois de ter liderado a bancada parlamentar por duas vezes (entre 2002 e 2005 e em 2007).

O deputado era a escolha previsível entre os cinco deputados do CDS-PP. Isto porque João Almeida foi derrotado no último congresso pelo atual líder e os deputados Ana Rita Bessa e João Gonçalves Pereira não mostraram vontade de se candidatar ao grupo parlamentar. Já Cecília Meireles manifestou vontade de deixar o cargo que ocupava de “forma provisória” desde as eleições legislativas de outubro.

Nenhum dos deputados, no entanto, apoiou Francisco Rodrigues dos Santos nas eleições internas.

Antes da eleição, o presidente do CDS-PP referiu que “qualquer escolha” para suceder a Cecília Meireles como líder do grupo parlamentar centrista teria o “total apoio” e “confiança absoluta e inabalável” da direção. “Todos os quatro deputados, excluindo a Cecília Meireles porque mostrou indisponibilidade para se manter no lugar, seriam obviamente excelentes candidatos”, disse.

Francisco Rodrigues dos Santos mostrou-se ainda convicto de que “a nova liderança parlamentar manterá os níveis de lealdade, cooperação institucional e de trabalho profícuo com a direção do partido, à semelhança daquilo que aconteceu com Cecília Meireles”. “E estamos certos que esse será o rumo preferencial que adotaremos”, sublinhou.

Ler mais
Recomendadas

Executivo ultima propostas para apoiar os media, mas falta consenso no setor

Media vão receber apoios estatais para enfrentar crise gerada pela pandemia da Covid-19. Governo anuncia apoios “em breve”.

Bloco de Esquerda pergunta ao Governo se vai impedir distribuição de dividendos da Galp

O Bloco defende que a distribuição de dividendos pela Galp deve ser travada pelo Governo e que o dinheiro deve servir para ajudar a empresa a retomar a sua produção nas refinarias de Sines e Matosinhos depois do fim da crise provocada pela Covid-19.

Reforma antecipada sem penalização em estudo para funcionários da TAP

Pacote de resgate do setor de aviação vai incluir ainda isenções de taxas, o diferimento da TSU e de impostos, e empréstimos com aval do Estado.
Comentários