CEiiA prestes a colocar plataforma Ayr nos Estados Unidos

Plataforma Ayr funciona com base numa app e serve para quantificar e valorizar as ações que os utilizadores empreendam no sentido de evitar emissões de CO2.

O CEiiA (Centro de Excelência e Inovação para a Indústria Automóvel) está a desenvolver aquilo a que chamou plataforma Ayr, a primeira plataforma de quantificação, valorização e trasação de emissões evitadas de CO2 – e, para além de estar prestes a ser colocada à disposição dos utilizadores em Matosinhos e Cascais, poderá em breve ser adotada por uma cidade norte-americana.

A plataforma foi apresentada sexta-feira de manhã – 10 de maio -, em Matosinhos e será novamente alvo de outra apresentação na próxima semana no seminário sobre ‘smart cities’ que decorre todos os anos em Nova Iorque, Estados Unidos – altura em que os responsáveis do centro português tentarão fechar as negociações com o ‘mayor’ da cidade, cujo nome não foi revelado.

A plataforma é uma app desenvolvida pelo CEiiA que contabiliza e quantifica as ações que o utilizador empreende para poupar a emissão de CO2. A essa poupança corresponde à contabilização de um valor (em ‘moeda’ Ayr), que, depois de agregado a um ‘mealheiro’ pode ser usada, por exemplo, para pagar serviços de empresas que tenham aderido à plataforma.

O sistema foi primeiramente testado em Matosinhos e em Cascais – daí serem as duas cidades que passarão a contar com a possibilidade do uso da app por parte dos seus munícipes (a partir de junho), e está aberto à entrada de novas empresas.

Está inclusivamente aberto à criação de novos negócios, como salientou Pedro Gaspar, um dos elementos envolvidos na criação e desenvolvimento da plataforma. “É um pouco como o facebook”, disse, ou outra rede social qualquer: são veículos que permitem a criação de negócios, e é isso que o CEiiA espera que venha a suceder com a sua aplicação.

Um dos problemas que se colocam com este tipo de plataformas – cujo dinheiro é criado sob tecnologia blockchain – é a possibilidade do seu uso especulativo. “Estamos a fazer tudo para impedir isso”, disse Pedro Gaspar ao JE.

Na prática, ao adotarem modos de mobilidade sustentáveis, por exemplo uma bicicleta elétrica em detrimento do automóvel, os utilizadores estão a evitar emissões de CO2. Esse evitar de emissão é quantificável e valorizável em créditos (token Ayr) através da plataforma, sendo armazenados numa carteira digital. Os Ayr podem assim ser transacionados por bens e serviços verdes, quando aderentes à plataforma.

Ler mais
Recomendadas

PremiumConservas querem substituir 200 milhões de importações

Campanha em curso de promoção do consumo de conservas deverá aumentar vendas em cerca de 5%, revela José Maria Freitas, presidente da ANICP – Associação Nacional dos Industriais de Conservas de Peixe, em entrevista ao Jornal Económico.

Lucro da petrolífera Saudi Aramco cai 50% no primeiro semestre para 19,7 mil milhões de euros

A petrolífera Saudi Aramco alcançou 23,2 mil milhões de dólares (cerca de 19,7 mil milhões de euros) de lucro no primeiro semestre deste ano, menos 50% do que em igual período do 2019, penalizado pela pandemia de covid-19.

Apenas 2,7% das coimas da Autoridade da Concorrência foram pagas desde 2004

Uma das razões para os atrasos são os múltiplos recursos na Justiça, que contribuem para que só uma pequena parte das coimas seja paga.
Comentários