Chuvas na Madeira: 27 pessoas retiradas de casa em São Vicente por precaução

O serviço Regional de Proteção Civil da Madeira refere não haver “danos pessoais a registar” nas sequência das chuvas fortes que têm caído, especialmente no norte da ilha.

Vinte e sete pessoas foram esta sexta-feira retiradas das suas casas por precaução em São Vicente na sequência das fortes chuvas que atingem a Madeira e alguns carros foram arrastados, disse o presidente do município, acrescentando não haver feridos.

Segundo José António Garcês, as 27 pessoas (20 da Ponta Delgada e sete de Boa Ventura) foram para casa de familiares e amigos e não têm as suas habitações danificadas, já que o único imóvel que ruiu é uma casa de férias.

O autarca falava aos jornalistas em São Vicente, onde também o secretário regional dos Equipamentos, João Fino, fez um ponto de situação dos trabalhos desenvolvidos pelo Governo Regional.

De acordo com o governante, estão a avançar trabalhos de desobstrução nas estradas regionais 211 e 220, mas apenas poderão ficar concluídos no sábado, tendo em conta as limitações de proceder às operações durante a noite.

Questionado sobre se a freguesia da Ponta Delgada deixará de ficar isolada esta noite, João Fino respondeu afirmativamente, mas sublinhou que o rescaldo só pode ser feito no sábado.

O serviço Regional de Proteção Civil (SRPC) da Madeira refere não haver “danos pessoais a registar” nas sequência das chuvas fortes que têm caído, especialmente no norte da ilha.

“Em virtude das condições meteorológicas adversas que afetaram a costa norte, Boaventura e Ponta Delgada, foram registadas algumas ocorrências de inundações e interrupções de vias”, refere o SRPC na sua página na Internet.

Este serviço adianta que estão “mobilizados meios dos Bombeiros Voluntários de São Vicente e Porto Moniz, Direção Regional de Estradas, PSP, Serviço Regional de Proteção Civil de São Vicente e que estão a proceder a reconhecimento das várias situações identificadas”.

Relacionadas

Chuvas fortes têm provocado inundações e derrocadas no norte da Madeira

“Há várias situações que estamos a acudir”, disse o autarca de São Vicente.
Recomendadas

Equipamentos de aquecimento mais eficientes: quais os benefícios?

Referimo-nos a benefícios adicionais como o conforto térmico, a qualidade do ar, a redução do impacte ambiental ou a valorização do imóvel, cuja não consideração pode levar a que se subestime o real valor de melhorar o seu sistema de aquecimento.

Açores tem primeira loja Pingo Doce a partir de quarta-feira

A nova loja, que conta com uma equipa de 31 colaboradores, inclui um espaço de take away com comida fresca confecionada diariamente, uma área de café e bolos, venda de medicamentos não sujeitos a receita médica, além das tradicionais seções de talho, peixaria, frutas e legumes e padaria e pastelaria.     

Madeira: Governo Regional vai investir 136 milhões de euros na habitação a custos controlados

O CDS considera o investimento na habitação por parte do Executivo madeirense como uma medida crucial para responder à “dificuldade” das famílias e sobretudo dos casais mais jovens, em encontrar habitação quando os preços do mercado e as rendas são “muito elevados” atualmente.
Comentários