Comércio externo da China recua 3,2% no primeiro semestre de 2020

As vendas para o exterior ascenderam assim aos 7,71 biliões de yuan (971,15 mil milhões de euros) e as compras aos 6,53 biliões de yuan (822,4 mil milhões de euros).

O comércio externo da China caiu 3,2%, no primeiro semestre de 2020, em termos homólogos, e fixou-se nos 14,24 biliões de yuan (1,79 biliões de euros), segundo dados publicados hoje pela Administração Geral das Alfândegas.

A mesma fonte indicou que, entre janeiro e junho, as exportações chinesas caíram 3% e as importações recuaram 3,3%.

As vendas para o exterior ascenderam assim aos 7,71 biliões de yuan (971,15 mil milhões de euros) e as compras aos 6,53 biliões de yuan (822,4 mil milhões de euros).

O excedente comercial do país asiático fixou-se em 1,18 bilião de yuan (148,57 mil milhões de euros).

As trocas com os Estados Unidos caíram 6,6%, no primeiro semestre, com uma queda de 8,1% e 1,5%, nas exportações e importações chinesas, respetivamente.

Os dois países enfrentam uma prolongada guerra comercial e tecnológica, que resultou no aumento das taxas alfandegárias sobre os produtos importados um do outro e o bloqueio no acesso a componentes essenciais.

Em junho, o comércio chinês com o exterior cresceu 5,1%, em termos homólogos, enquanto em maio diminuiu 4,9%, em relação ao mesmo período do ano anterior, numa altura em que várias economias em todo o mundo se encontravam ainda em processo de desconfinamento devido à pandemia da covid-19.

Em relação a junho de 2019, as exportações chinesas avançaram 4,3%, enquanto as importações subiram 6,2%.

Ler mais
Relacionadas

Trocas comerciais entre Portugal e China crescem 10,6% em maio

As trocas comerciais entre janeiro e maio entre Lisboa e Pequim ascenderam a 2,4 mil milhões de dólares (2,1 mil milhões de euros), menos 7,9% se comparado com o período homólogo do ano anterior.
Recomendadas

Unicef estima que cerca de 100 mil crianças foram afectadas pela explosão em Beirute

A Unicef estimou este domingo que cerca de 100 mil crianças foram afetadas pelas explosões em Beirute de terça-feira, apesar de os números ainda serem “confusos”, e alertou para a urgência em ajudar a atenuar as necessidades mais imediatas das vítimas.

Secretário da Saúde dos EUA em Taiwan numa visita reprovada por Pequim

O secretário da Saúde norte-americano, Alex Azar, chegou hoje a Taipei, em Taiwan, onde ficará até quarta-feira, uma visita que tem agravado as tensões entre os Estados Unidos e a China.

Reino Unido regista oito mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

O Reino Unido registou oito mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, em comparação com 55 do período anterior, elevando para um total de 46.574 as mortes devido à doença desde o início da pandemia, anunciou hoje o governo britânico.
Comentários