Conferência do Fórum Económico Mundial em Singapura adiada para 2022

O evento havia já sido transferido do habitual local em Davos, na Suíça, para Singapura pela maior facilidade no controlo da pandemia, além de ter sido adiado de maio para agosto. Agora, o Fórum Económico Mundial anunciou o adiamento até 2022.

Davos 2020 | DR

A conferência anual do Fórum Económico Mundial (FEM) de 2021 foi cancelada, dadas as preocupações com a pandemia de Covid-19. O encontro estava marcado para Singapura em agosto, mas o ressurgimento da doença naquela zona do globo levou ao adiamento do evento, fez saber o FEM esta segunda-feira.

O encontro estava marcado para 17 a 20 de agosto deste ano, mas o aparecimento e propagação da nova variante indiana na região do Sudeste Asiático levou a organização a optar pelo adiamento até 2022. O Fórum ainda não precisou datas nem local para a realização da conferência, apontando apenas para a primeira metade do ano.

“Foi uma decisão difícil”, afirma Klaus Schwab, o fundador e diretor executivo do FEM no seu comunicado desta segunda-feira, “mas a segurança e saúde de todos os envolvidos é a nossa prioridade máxima”.

Apesar de apresentar números relativamente baixos de novas infeções pelo novo coronavírus, a média móvel a sete dias de casos confirmados da doença tem vindo a subir, situando-se este domingo nas 32. Este ressurgimento, que envolve também uma transmissão comunitária ativa, levou as autoridades de Singapura a instituir novamente restrições de viagens no país.

Recorde-se que o evento havia já sido adiado devido às condicionantes criadas pela pandemia. Habitualmente realizado em Davos, na Suíça, a conferência tinha sido remarcada para Singapura pela maior facilidade em controlar movimentos no arquipélago asiático, sendo que a data usual de maio fora adiada três meses, na esperança de uma melhoria do cenário pandémico global.

Recomendadas

Em Cascais, tal e qual como na Índia

Neste que é o sexto restaurante do grupo (existem dois em Berlim e três em Portugal:  o do Bairro Azul, o do Príncipe Real e ainda o Chutnify Canteen no Norte Shopping), convergem as inspirações que fazem das casas Chutnify uma viagem pela riqueza da cultura Indiana.

Premium“Espera-se uma recuperação acima do que a economia cresceu em 2019”, diz professor da Nova SBE

Pedro Brinca acredita que Portugal tem margem orçamental para um apoio mais forte à economia, mas “tem dúvidas” que essa será a opção política.

Valor médio dos reembolsos de IRS desceu 3,3% para 1.025 euros

O valor médio dos reembolsos de IRS emitidos até esta sexta-feira desceu 3,3% em relação ao período homólogo, fixando-se nos 1.025,89 euros, enquanto as notas de cobrança aumentaram 1,5%, adiantou à Lusa o Ministério das Finanças.
Comentários