CTT e Mota-Engil elevam PSI 20 no fecho da sessão

Praça lisboeta encerrou a sessão desta terça-feira com uma subida de 0,85% para 4.435,06 pontos, seguindo a tendências das suas congéneres europeias.

O principal índice bolsista português, PSI 20, terminou a sessão desta terça-feira a valorizar 0,85%, 4.434,06 pontos, seguindo a tendência das suas congéneres europeias.

A fazer crescer o PSI 20 estiveram entre as principais cotadas portuguesas os CTT, que cresce 3,72% para 2,78%, para euros, a Mota-Engil que valoriza 3,91%, para 1,33 euros e o BCP que sobe 0,10%, para 2,71 euros.

Em terreno positivo estiveram também a petrolífera Galp que cresce 2,96% para 9,61 euros, a Navigator que sobe 1,53% para 2,26 euros e a Altri que valoriza 0,85% para 4,46 euros.

Em sentido negativo estiveram no fecho da sessão a EDP que cai 0,16%, para 4,34 euros, a EDP Renováveis que desce 0,43%, para 13,94 euros e a Jerónimo Martins que desvaloriza 0,50%, para 14,01 euros.

“As Bolsas europeias fecham em alta, pelo segundo dia consecutivo esta semana. A marcar a sessão de hoje estiveram as notas de mercado que apontam que o Presidente norte-americano está a considerar seriamente um corte de impostos sobre ganhos de capital. Bem como as declarações do secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, onde afirmou que falou com “vários democratas”, mas não com a Presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, ou com o líder democrata do Senado, Chuck Schumer, desde que a última sessão de negociações terminou na sexta-feira sem qualquer avanço”, afirma Ramiro Loureiro, analista de mercados do Millenium investment banking.

Na Alemanha, o DAX cresce 2,04%, no Reino Unido, o FTSE 100 sobe 1,68%, o francês CAC 40 valoriza 2,41%, o holandês AEX cresce 1,52%. Em Espanha, o IBEX35 valoriza 2,95% e o italiano FTSE MIB cresce 2,19%.

A cotação do barril de Brent valoriza 0,49%, com valor de 45,22 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresce 0,81%, para 42,28 dólares por barril.

No mercado cambial o euro valoriza 0,26%, para 1,17 dólares.

Ler mais

Recomendadas

EDP Renováveis e Jerónimo Martins animam PSI-20

As ações das duas empresas valorizaram mais de 3%, enquanto os CTT subiram cerca de 2%, num quadro europeu pintado de ‘verde’. Apesar da sessão amena na Europa, a bolsa de Frankfurt viu-se penalizada pelo tombo de 13% da farmacêutica Bayer

Wall Street anima com perspetivas de estímulos fiscais para a economia dos EUA

No início da sessão, o S&P 500 sobe 0,70%, para 3,384.20 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 1,04%, para 11,283.68 pontos, e o industrial Dow Jones cresce 0,60%, para 27,947.17 pontos.

Bayer cai fortemente em bolsa depois de anunciar provisões e contenção de custos

A empresa de Leverkusen havia já adiantado que o impacto da crise da Covid-19 no seu negócio agroindustrial seria maior do que inicialmente previsto, tendo agora anunciado novas medidas para fazer face às perdas esperadas.
Comentários